Polícia Militar retirou de circulação 180 toneladas de drogas
A Operação Impacto da Polícia Militar chegou a 100 mil infratores presos ou apreendidos em um ano e três meses de duração. A ação foi implantada pela corporação em janeiro do ano passado para reforçar o policiamento no estado e reduzir indicadores criminais. Conforme o balanço divulgado pela PM, do total de detidos, 34,2 mil eram foragidos da Justiça e foram recapturados.
A operação foi realizada com o objetivo de ampliar a ação ostensiva melhorando a percepção de segurança da população. O trabalho policial foi direcionado por meio de planejamento estratégico com base no uso de inteligência policial e geoprocessamento de dados, o que permitiu identificar os pontos com os maiores índices de criminalidade.
A atuação das forças de segurança também contribuiu para apreender 180 toneladas de drogas, retirar das ruas 6 mil armas de fogo ilegais e recuperar 27 mil veículos.
A ação também teve desdobramentos em áreas específicas, que apresentavam maiores índices criminais, sobretudo, contra o patrimônio.
Redução nos índices criminais do estado
O Estado de São Paulo registrou o menor número de roubos em geral da série histórica para fevereiro. O dado revela a atuação integrada das forças de segurança na prevenção dos crimes patrimoniais, em especial, aqueles com grave ameaça.
Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a redução chegou a 10,7%, passando de 18.418 ocorrências, para 16.455 casos neste ano — os números incluem os delitos de carga e assaltos a bancos. É a 11ª queda consecutiva nessa modalidade de crime no território paulista.
Os roubos de veículos também atingiram o menor patamar da série histórica para o mês no estado. As ocorrências caíram de 2.945, em fevereiro do ano passado, para 2.259 no mesmo mês de 2024, uma redução de 23,3%.
Já os furtos em geral, que incluem os de carga, tiveram variação positiva de 2,4%, chegando a 45.042 no território paulista. Os furtos de veículos passaram de 6.974 para 7.199.
Em fevereiro, houve 216 homicídios dolosos, seis a menos na comparação com fevereiro do ano anterior. Houve também 16 latrocínios — roubos seguidos de morte —, cinco casos a mais no comparativo.
Anúncios

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta