João Paulo Sardinha


Fundação Cultural Cassiano Ricardo
*Colaborou a estagiária Bruna König

A Casa de Cultura Tim Lopes, no Bosque dos Eucaliptos, região sul de São José dos Campos, inicia nesta quinta-feira (11) a exposição “Galeria de Artistas do Vale. A exposição é gratuita e fica aberta para visitação até 2 de maio, das 8h às 21h.

A mostra terá cartazes de sete artistas negros de São José e região.

Artistas

Quiara

Pedagoga e Artista da Cena. Pós-graduada em Metodologia do Ensino da Música. Dedicando-se há mais de 20 anos na Dança como bailarina e coreógrafa.

Laudeni

Mestre de Jongo, função que herdou de seu pai, o mestre Dorvalino de Souza. Mestre Laudeni é de Barra do Piraí-RJ, onde mantinha um convívio diário com a comunidade jongueira “Os Filhos de Angola”. Em 1998, veio com toda sua família para São José dos Campos e reuniu em sua casa pessoas que tinham afinidades com essa manifestação, para tocar, dançar, cantar e contar suas histórias. Os encontros tornaram-se frequentes e o mestre Laudeni percebeu que o Jongo em São José dos Campos estava apenas “adormecido”.

Daniel

Artista visual, designer e sociólogo, ataca na escultura, escrita, ilustração e pintura. Cria da zona norte de São José dos Campos. “Venho de um cenário rural periférico e faço questão que isso reflita na minha arte até hoje.”

Andrei

Andrei Gonçalves, ator-observador, 38 anos, natural de São José dos Campos, em 2014 mergulhou no teatro e desde então vem realizando estudos e trabalhos com teatro narrativo, performances, teatro musical e teatro para crianças

Larissa

Larissa Ferreira, 23 anos. Pedagoga e psicopedagoga. Escritora desde 2016, publicou o primeiro poema numa antologia pela editora A Arte da Palavra, em 2020, a poesia “As veias das entrelinhas” e, em 2021, a crônica “Sobremesas sob, sobre a vida”. Em 2021, publicou o livro “Entrelinhas Retintas” pela Lei Aldir Blanc. E, em 2022, entrevistou o ilustre Arnaldo Antunes na Flim 2022.

Guia

Artista cantante e performer, pesquisadora das manifestações não convencionais, corpa transmutadora de sensações e sentimentos através da arte que pulsa a transcentralidade feminina.

Roneir

Militante do movimento desde 1990. Em 1992, fundou o grupo Zona Sul MC´S com mais de 4 amigos. Um dos idealizadores do Projeto Rap no Caic, que contava com o apoio da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

Serviço

Casa de Cultura Tim Lopes
Avenida Ouro Fino, 2520 – Bosque dos Eucaliptos

MAIS NOTÍCIAS

Fundação Cultural Cassiano Ricardo

source
Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

Anúncios

Deixe uma resposta