Secretaria de Governança
O Parque Vicentina Aranha completa 100 anos neste mês e, para celebrar, oferece uma programação especial para todos os públicos. Entre as atrações estão um grande show de MPB, concerto com a Orquestra Joseense, Caminhada das Cores, lançamento da primeira Academia de Escalada em Árvores do Brasil e um painel instagramável.

As comemorações do centenário do Vicentina Aranha começaram em janeiro e seguem durante todo o ano, com parceria da Fundação Cultural Cassiano Ricardo e realização da Prefeitura de São José dos Campos. Para o mês de abril, as atrações terão mais música, intervenções culturais, atividades socioambientais, novas edições das Feirinhas de Arte, Verde e Livregrafia, espaço gastronômico entre outras. 

+ Atrações

Um painel instagramável com a frase “Eu faço parte desta história: Vicentina 100 Anos” foi instalado em frente a uma das árvores mais icônicas do Parque: uma Flamboyant, onde as aves-símbolo do Vicentina, as galinhas d’angola, costumam repousar durante a noite.

Aos domingos, às 10h30, artistas regionais renomados se apresentam no palco do Bambuzal. O mês começou com o cantor e compositor Tuia, no dia 7. No dia 14, o trio Terra Batida apresenta diferentes sonoridades, com João Oliveira, Jota Erre e Kabé Pinheiro. E no dia 21, a turnê “Meus Olhos” marca o retorno da cantora Lud Mazzucatti à cena autoral.

O Vicentina de Portas Abertas, visita mediada conduzida pelo historiador David de Albuquerque, contará com a participação de personagens que marcaram época na fase sanatorial de São José. Nomes ilustres como do Padre Rodolfo Komorek, Dr. Nelson D’Ávila, Madre Paula serão interpretados pelo grupo Seresteiros do Vale, nos dias 7, 14, 21 e 27, a partir das 9h.


Seresteiros do Vale leva história e arte nas apresentações | Foto: Divulgação AFAC

Dia de festa

Na manhã do dia 27, data em que o Vicentina completa 100 anos, a Caminhada das Cores vai colorir o Parque. Um cortejo, cheio de ritmo, será conduzido pelo Maracatu Baque Mulher e, ao final da caminhada, os participantes vão, literalmente, colorir a celebração.

A solenidade de início das obras de restauro do Pavilhão São João vai abrir as comemorações do dia do aniversário do Vicentina, no dia 27, às 9h, com uma apresentação cultural do Projeto Guri.

Também no dia 27, às 10h, no Pavilhão São José, será aberta uma Exposição com 20 artes digitais assinadas por alunos da Kinoene Arts, inspiradas na arquitetura e na história do Vicentina. A visitação acontecerá de terça a domingo, até o dia 27 de maio.

Ainda no dia 27, às 18h30, acontece o Show Especial de Aniversário do Parque “Vicentina 100 anos” com uma das divas da Música Popular Brasileira, que em mais de 45 anos de carreira acumula grandes sucessos.

Na manhã do dia 28, às 10h30, encerrando a programação, a Orquestra Joseense apresenta um concerto em celebração ao centenário do Vicentina e em homenagem ao Choro, o mais novo Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro, que também é comemorado em abril, mês do nascimento do compositor Pixinguinha.


Um dos principais pontos turísticos da cidade, local abrigou um dos maiores sanatórios da América Latina | Foto: Divulgação AFAC

Novidade

Outro destaque é o lançamento da primeira Academia de Escalada em Árvores do Brasil, projeto da Embaixada da Natureza, iniciativa da parceria entre a AFAC, entidade gestora do Vicentina, e o Centro Ambiental e Edoardo Bonetti (Caeb).

Inspirada no conceito de terapia natural, as escaladas esportivas ou recreativas estão com turmas abertas para os públicos infantil, infantojuvenil (4 a 17 anos) e adulto (acima de 18 anos). As aulas começam no dia 27 e as informações sobre horário, valores e inscrições podem ser consultadas no site do Parque www.pqvicentinaaranha.org.br.

Conheça o Vicentina

Considerado um dos principais pontos turísticos de São José dos Campos e patrimônio municipal e estadual, o parque foi fundado em 27 de abril de 1924 como Sanatório Vicentina Aranha e ficou conhecido como um dos maiores sanatórios da América Latina. O nome do Parque é uma homenagem à senhora Vicentina de Queiroz Aranha. Atuante e sensível às causas sociais da época, ela idealizou um centro de tratamento para a tuberculose, doença que acometia milhares de brasileiros e faleceu antes do início da construção do sanatório.

Patrimônio municipal e estadual, em 2007 o Vicentina Aranha foi reaberto como Parque, sendo considerado atualmente um dos principais parques urbanos do Estado de São Paulo. De propriedade da Prefeitura de São José dos Campos, está desde 2011 sob gestão da Associação para o Fomento da Arte e da Cultura (AFAC).

Solidariedade

Durante todo o mês, o Vicentina será ponto de arrecadação de alimentos não perecíveis em benefícios das entidades assistidas pelo Fundo Social de Solidariedade. As doações podem ser entregues na Portaria Principal do Parque Vicentina Aranha, diariamente, das 6h às 21h.

Participe

A programação completa está disponível no site do Parque Vicentina Aranha www.pqvicentinaaranha.org.br e nas redes sociais @parquevicentina.

 


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Governança

source
Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

Anúncios

Deixe uma resposta