Publicado em: 22/05/2024 – Última modificação: 22/05/2024 – 09:40
[email protected]

Avaliação de Densidade Larvária deixa Município em alerta para infestação do Aedes aegypti

PREVENÇÃO – Itanhaém apresentou um índice geral de 2,1%, considerado como estado de alerta. Os índices são classificados entre satisfatório (até 1%), alerta (de 1% até 3,9%) e risco (acima de 3,9%)


Com o objetivo de quantificar a infestação do mosquito em todas as áreas do Município para prevenir a proliferação do Aedes aegypti, os agentes de Combate a Endemias da Prefeitura de Itanhaém realizaram neste mês de maio a Avaliação de Densidade Larvária (ADL), e a Cidade apresentou índice de 2,1%, considerado como estado de alerta.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

A ADL acontece por amostragem, o sistema SisaWeb, do Ministério da Saúde, sorteia as quadras a serem trabalhadas pelos agentes de Endemias, que realizam as ações em pelo menos cinco residências de cada quarteirão escolhido.

Os índices são classificados entre satisfatório (até 1%), alerta (de 1% até 3,9%) e risco (acima de 3,9%).

Itanhaém apresentou um índice geral de 2,1%. A região em que apresentou o maior índice foi a área 3, correspondente aos bairros do Cibratel II, Jardim Coronel e Praia do Sonho, com 3,3%. A área I, entre o Centro, Suarão e Marrocos apresentou o menor índice de infestação do mosquito, com 0,98%.

O resultado na área 2, entre Oásis, Aguapeú e Loty, foi de 2,5%. Enquanto que na área 4, entre Gaivota, Jardim Anchieta e Tupy, ficou em 1,38%.

O prazo para realização do ADL é de no mínimo 15 dias e no máximo de um mês, durante esse período os agentes fazem o levantamento das áreas mais infestadas.

VACINA – A campanha de vacinação contra a dengue foi ampliada para crianças de 10 a 14 anos de idade, em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs), a partir desta terça-feira (15). As vacinas serão aplicadas de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas.

Para receber a imunização, é necessário que o jovem esteja acompanhada por um responsável e apresente o documento original, cartão SUS e carteirinha de vacinação.


Palavras-chave: ADL, aedes aegypti, combate à dengue, dengue, saúde, vigilância em saúde



source
Com informações da Prefeitura de Itanhaém

Anúncios

Deixe uma resposta