Em meio a devastação causada pelas chuvas no Rio Grande do Sul, país relata na ONU experiência histórica com deslocamentos internos e legislação “preparada” para apoiar afetados por danos ambientais; mais de 72 mil pessoas estão morando provisoriamente em abrigos no estado atingido por fortes enchentes.
source
Com informações da ONU

Anúncios

Deixe uma resposta