Campanha de vacinação contra a paralisia infantil começa segunda-feira
Campanha de vacinação contra a paralisia infantil começa segunda-feira, 27/05

A partir da próxima segunda-feira, 27/05, a Prefeitura de Piracicaba dá início a imunização do público-alvo na Campanha de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil) promovida pelo Ministério da Saúde. A ação, que acontece até 14 de junho, visa ampliar a cobertura vacinal, por isso é primordial a participação de todas as crianças menores de cinco anos de idade. A previsão é que o Dia D de imunização contra a polio aconteça no sábado, 08/06.

Para a imunização, os pais devem levar as crianças a qualquer uma das 68 salas de vacina de Piracicaba instaladas em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF) com caderneta de vacinação e um documento de identificação com foto, cartão Pira Cidadão ou Cartão Nacional do SUS. Durante a semana, a vacinação acontece em todas as unidades de saúde da cidade: UBSs das 8h às 15h (exceto UBS Paulista – antigo Crab), e USFs (Unidades de Saúde da Família), das 8h às 16h.

A poliomielite, doença infectocontagiosa aguda, é caracterizada pela contaminação pelo poliovírus que pode causar paralisia muscular dos membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível, em casos graves podendo evoluir a óbito, sendo a vacinação a principal forma de prevenção. “Na faixa etária de 1 a menores de 5 anos de idade a vacina será aplicada indiscriminadamente, ou seja, independente de quantas doses tiverem registradas na carteira de vacinação, receberão a dose contra a paralisia infantil (gotinha)”, explicou o secretário de Saúde, Augusto Muzilli Júnior.

A expectativa é imunizar 95% das crianças entre um e menores de cinco anos de idade. Nos anos anteriores, a cobertura vacinal em todo o estado foi de 77,13% em 2022, já em 2023 foi 85,65%; em Piracicaba, a cobertura foi de 93,17% em 2022 e de 84,97%, em 2023; de acordo com o Painel de Monitoramento da Coberturas Vacinais do Ministério da Saúde.

Atualmente, o país está em processo de transição para a substituição das duas doses de reforço da vacina oral poliomielite (VOP) para um reforço com vacina inativada poliomielite (VIP). A previsão é de que a medida seja adotada no segundo semestre de 2024.

SINTOMAS – A maioria das pessoas infectadas não manifesta sintomas ou apresenta poucos sintomas e estes são parecidos com outras doenças virais como: febre, mal-estar, dor de cabeça, dor de garganta e no corpo, sintomas gastrointestinais (náuseas e vômitos), constipação (prisão de ventre), espasmos, rigidez na nuca e meningite. Somente 1% das pessoas infectadas apresentam a forma paralítica da doença.

source
Com informações da Prefeitura de Piracicaba

Anúncios

Deixe uma resposta