Iniciativas estão sendo implementadas por meio de uma parceria com o Sebrae e são destinadas aos estudantes do ensino fundamental e da EJA

A Secretaria de Educação de Suzano está capacitando professores e gestores das unidades de ensino sobre conceitos de empreendedorismo que serão trabalhados com alunos em sala de aula por meio de três projetos distintos. Um deles, que aborda os cursos de formação, foi oferecido de forma on-line, nos meses de março e abril, para 87 profissionais, que deverão aplicar o conteúdo a partir do segundo semestre. 

As iniciativas estão sendo implementadas por meio de uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e são destinadas aos educadores que trabalham com alunos do ensino fundamental. No fim de maio e no mês de junho serão organizadas atividades relacionadas a essa temática para estudantes do modelo Educação de Jovens e Adultos (EJA), assim como já ocorreu no último mês de abril.

A qualificação dedicada somente aos professores é direcionada ao projeto “Jovens Empreendedores Primeiros Passos” (Jepp), que tem o objetivo de proporcionar conhecimentos e atitudes sobre a educação empreendedora, os preparando para adequar a formação pretendida à faixa etária dos alunos entre 6 e 10 anos. Para isso, serão fornecidas apostilas que disponibilizarão o conteúdo de forma lúdica e divertida, a partir da utilização de jogos digitais que fazem parte do universo infantil. Por meio das atividades propostas, os alunos serão estimulados a descobrirem novas realidades e aprimorarem suas habilidades socioemocionais.

Os conceitos a serem trabalhados em sala de aula serão distribuídos em cinco módulos: “Descobertas empreendedoras no jardim sensorial”, que estimula a vivência de etapas de um plano de negócios por meio da montagem de uma loja de ervas aromáticas; “Descobrindo alimentos e temperos naturais”, que propõe a interação com a natureza a partir da montagem de uma loja de temperos naturais; “Brinquedos ecológicos”, que prevê a montagem de uma oficina para que seja ensinada a confecção de brinquedos com materiais recicláveis; “Produções culturais criativas”, com o intuito de promover a valorização da cultura local como livros, jogos, gibis, dança e coral e; por fim, “Sabores e cores regionais”, pensado para trabalhar o alimento como uma grande oportunidade de negócio.

O segundo projeto recebe o nome de “Objetos de Aprendizagem”, também ocorrido em março e abril, e complementa a formação desses conteúdos não só com professores, mas também com diretores de escola e coordenadores pedagógicos. Os profissionais atuarão junto aos alunos, especialmente dos anos iniciais do ensino fundamental, para desenvolver planos de atividades literárias e vídeos sobre empreendedorismo.

EJA

Para os alunos matriculados na modalidade EJA, está sendo desenvolvido, desde o mês passado, o projeto “Empreenda Rápido”, pelo qual estão ofertadas palestras referentes a três temas associados ao empreendedorismo: “Comece o seu planejamento financeiro”; “Seja responsável com sua saúde mental”; e “Seja perseverante frente aos seus projetos de vida”. A primeira temática foi abordada em 9, 10 e 11 de abril nas Escolas Municipais Adélia de Lima Franco, no Jardim Amazonas, Professora Célia Pereira de Lima, no Jardim Cacique, e José Celestino Sanches, no Jardim Varan. As mesmas unidades receberão o projeto nos dias 21, 22 e 23 de maio, e também nos dias 18, 19 e 20 de junho.

O secretário Leandro Bassini afirmou que as experiências vividas pelos alunos garantirão uma formação que poderá ser aplicada ao longo da trajetória escolar e profissional. “São temáticas e vivências que agregarão de maneira expressiva a visão dos alunos quanto à aplicação do conhecimento. Eles poderão ver de que forma o aprendizado assimilado poderá ser revertido em geração de renda e perspectivas futuras, a partir de práticas sustentáveis”, declarou o chefe da pasta.


Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

Anúncios

Deixe uma resposta