Mais de 300 alunos participaram das ações de prevenção e combate à exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes

A Unidade Gestora de Desenvolvimento Social, através do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), promoveu palestras educativas sobre a campanha Maio Laranja para estudantes da rede estadual. A iniciativa, que visa combater a violência sexual contra crianças e adolescentes, alcançou mais de 300 alunos da Escola Estadual Idoroti de Souza, entre os dias 20 e 21 deste mês.

Sob a coordenação de Valdirene Miranda, a equipe do CREAS contou com a participação das técnicas Silvia Furlanetto, Tamires Páscoa, Verônica Maria, Edine da Costa e Simone Regina. As profissionais conduziram as palestras, abordando temas relacionados à prevenção e combate à exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes.

A campanha Maio Laranja, que se estende até o final do mês, também inclui a distribuição de cartilhas educativas para todas as escolas das redes de educação municipal e estadual. O objetivo é alcançar 100% dos estudantes, promovendo a conscientização e fortalecendo as ações de prevenção.

Valdirene Miranda destacou a importância dessas ações para a proteção e segurança das crianças e adolescentes, ressaltando que a informação e a educação são ferramentas essenciais no combate a esses crimes. “É fundamental que os jovens estejam informados sobre os riscos e saibam como se proteger e denunciar qualquer situação suspeita”, afirmou a coordenadora.

A campanha Maio Laranja é um movimento nacional que visa sensibilizar a sociedade e as autoridades sobre a gravidade da violência sexual contra menores, incentivando a denúncia e a implementação de políticas públicas efetivas para a erradicação desse problema.

Denuncie!

Para denunciar esses crimes, ligue para o número 100, acesse o site ouvidoria.mdh.gov.br, ou entre em contato pelo Telegram: Direitoshumanosbrasilbot.

A Prefeitura disponibiliza uma rede de proteção às crianças e adolescentes; veja os meios de contato e outras informações sobre esses equipamentos e do próprio Conselho Tutelar, órgão autônomo de defesa dos direitos de crianças e adolescentes, em: http://tiny.cc/n967vz (clique nos ícones dos Serviços, na parte inferior da página).

source
Com informações da Prefeitura de Várzea Paulista

Anúncios

Deixe uma resposta