A primeira Econocria foi um sucesso em Mogi das Cruzes e superou as expectativas da organização. A Feira de Carreiras reuniu cerca de 200 pessoas entre jovens com idade entre 14 e 22 anos, empresários e profissionais de setores variados com o objetivo direcionar a juventude para as possibilidades do mercado de trabalho, promover network e oportunidades de conexão entre todos envolvidos do evento.

Durante a realização houveram painéis e palestras sobre Vestibular e Carreira, Economia Criativa e Tecnologia, Comunicação, Gestão e Liderança, bem como Empreendedorismo. A primeira Econocria foi realizada no dia 27 de abril, no salão do Lions Clube Estância, localizado na Rua Aleixo Costa, 348, Centro.

A proposta do Econocria foi oferecer aos jovens participantes a chance de obter conhecimento sobre cada uma das áreas, fazer com que se conectem com quem já está no mercado para o caso daqueles que já estão fazendo faculdade e proporcionar a possibilidade de estágios ou contratações através do networking e conexões que surgiram através da feira.

A programação iniciou com testes vocacionais, montagem de currículos e orientações com equipes de recursos humanos para preparação do jovem para inserção no mercado de trabalho e continuou com uma palestra do historiador Thiago Rocha sobre Oportunidades e Vestibulares.

O evento seguiu com Painel sobre “Carreira” com ex-jovens aprendizes que construíram suas trajetórias em grandes empresas e iniciaram sua vida profissional na Associação Mogiana Oficina dos Aprendizes (AMOA), instituição parceira do evento. O bate-papo foi mediado por um dos organizadores do evento, Milton Lins, o Bi Gêmeos (ex-AMOA, vereador e empreendedor) e contou com a administradora Amanda Rangel, o engenheiro Bruno Braga, a advogada Karoline Coelho e a Head Hunter, Letícia Oliveira.

O cronograma da Feira de Carreira incluiu ainda um painel mediado pelo empresário e produtor de audiovisual Felipe Palmeira sobre ‘Empreendedorismo, Inovação, Criatividade e Liderança’, com os organizadores do evento Ana Carolina Christiano (estrategista de comunicação), Bianca Ortiz (diretora do Instituto Léa Campos e defensora da Economia Criativa), Bi Gêmeos e Natachy Araújo (comunicóloga e jornalista). Os palestrantes falaram sobre as suas carreiras e deram dicas para os jovens de como aproveitar as oportunidades que surgem para buscar o sucesso profissional.

A jovem Samara Hadassa participou do evento e saiu empolgada como resultado do seu teste vocacional e o que encontrou na Econocria.
“Aprendi como ser mais criativa, como me posicionar no mercado de trabalho e sigo aprendendo mais sobre como dar entrevistas, que faculdade eu quero seguir, afinal é uma decisão muito importante”, afirmou Samara.

O Econocria foi encerrado com um período aberto para perguntas e respostas em todos os estandes, onde houve a interação dos jovens com os demais profissionais e empresas convidadas para o evento, incluindo trabalhadores do mercado de audiovisual, financeiro, gastronomia, saúde, beleza, recursos humanos, gestão, administração e muito mais.

Vale destacar que a primeira Econocria de Mogi das Cruzes trata-se de uma realização organizada para o Dia de Renovar, ação acadêmica do Renova Br, a maior escola de formação política do Brasil, do qual os organizadores do evento são alunos desde o ano passado. Os detalhes da primeira Econocria podem ser acompanhados pela página do evento no Instagram @econocriamogi.

Anúncios

Deixe uma resposta