Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos prestaram os primeiros socorros na madrugada desta sexta-feira (24) a um bebê de 45 dias com obstrução das vias aéreas durante a amamentação. Os pais pediram socorro por volta das 5h diretamente na Inspetoria Ambiental, no Jardim Adriana.

Um dos agentes rapidamente segurou o menino recém-nascido, de nome Henrique, inconsciente e cianótico pela falta de oxigênio, e iniciou imediatamente a manobra de desobstrução. Ele voltou a respirar rapidamente, aliviando os pais com seu choro.

A família foi conduzida em seguida à UPA Taboão, onde a criança passou por exames de imagens e permaneceu em observação, mas passa bem. “Agradecemos muito o pronto atendimento dos GCMs que reanimaram nosso filho, pois ele já havia perdido a consciência”, disse o pai do bebê, Ricardo de Oliveira.

Alerta

A GCM alerta aos pais de bebês que, segundo dados do Ministério da Saúde, pelo menos duas mil pessoas morreram engasgadas no país em 2023, a maioria bebês na faixa etária de zero a quatro anos e idosos acima de 65 anos.

Por ocorrerem em diversas fases da vida, torna-se importante que toda pessoa, não apenas profissionais de saúde, saiba lidar com casos de engasgo e conheça técnicas de primeiros socorros.

A lei federal 13.722/2018 torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros a professores e funcionários de estabelecimentos de ensino público e privados de educação básica e de recreação infantil.

 

Foto: Divulgação/PMG

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta