“Gerenciando as finanças do seu negócio e da sua vida” foi tema, nesta quinta-feira (23) da palestra do economista Gilberto José Nogueira Junior. Para quem possa não o ter identificado pelo nome, o principal destaque do quarto dia da Semana do MEI, promovida pelo Sebrae, é mais conhecido como Gil do Vigor, influenciador brasileiro e ex-BBB. Em sua apresentação, ele deu algumas dicas que considera importantes para a prosperidade de microempreendedores individuais.

Disciplina, organização financeira, metas e objetivos são alguns dos nortes que o economista e influenciador considera essenciais para que as empresas possam vigorar. Veja mais abaixo:

Tenha disciplina
Desde antes de gerenciar milhões, Gil do Vigor já sabia que era preciso disciplina para prosperar. Ele afirma que cada “centavozinho” que ganhava, seja vendendo caderno na feira ou dando aulas particulares, era gasto com planejamento e direcionamento. Segundo ele, a organização é “alicerce para quem quer ter uma vida financeira saudável”.

Não confunda CNPJ com CPF
Gil aconselha que o empreendedor deve estabelecer um salário e não o confundir com o lucro da empresa. “Esse controle é algo crucial se você realmente quer que sua empresa cresça”, pontua. Para o influenciador, a grande “chave” é adaptar-se à realidade financeira do momento.

Priorize a organização, independente do quando você ganha.

Gil do Vigor, influenciador

Ele ressalta que a gestão eficiente dos recursos é importante em qualquer fase e, para isso, é fundamental ter registradas todas as transações, tanto pessoais quanto empresariais, de forma detalhada.

Abriu o CNPJ, no portal do gov.br, o próximo passo é abrir uma conta PJ para o seu negócio.

Weniston Abreu, gerente adjunto da Unidade de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae

Abreu reforça a importância de iniciar a carreira no empreendedorismo com a separação das contas. Foto: Erivelton Viana

Estabeleça metas e objetivos
“Se você é MEI, uma das melhores coisas que você pode fazer é definir uma meta de crescimento para o seu próprio negócio e o Sebrae pode te ajudar a traçar quais metas são essas”, orienta o influenciador. Ele conta que a separação do salário que recebe enquanto funcionário da Rede Globo dos recursos que vêm das publicidades também foi importante para alcançar o que planejou. “As entradas foram sendo direcionadas e quando eu atingi meu primeiro objetivo, que eram os investimentos, comecei a realizar sonhos”, compartilha.

Invista no seu negócio
Gil também afirma que para a empresa vigorar é preciso buscar informações, aprender e saber como investir. “O Sebrae oferece cursos que podem ajudar você a aprender mais sobre investimento e como gerenciar suas finanças de maneira mais eficiente”, indica. De acordo com ele, com mais recursos entrando é preciso também ter mais controle no gasto, “senão volta para a estaca zero”, alerta.

Leia mais sobre Gil e aprenda sobre outras dicas.

Uma forma de investir no negócio é adquirir crédito consciente. Weniston Abreu indica a Calculadora de Planejamento Financeiro do Sebrae como ferramenta que vai auxiliar o empreendedor a dimensionar o impacto da dívida no fluxo financeiro do negócio. Ele também alerta que uma “dívida boa” é aquela que vai trazer retorno financeiro, diferente da “dívida ruim”, tomada para “tapar buraco da empresa”.

O gerente adjunto também lembra que o Sebrae gerencia o fundo de aval da micro e pequena empresa e que busca firmar parcerias com instituições financeiras para oferecer garantias exigidas, facilitando as operações de crédito para o MEI. Conforme ele lembra, o momento é propício para tomada de crédito, com inciativas do governo federal de estimulo e facilitação no acesso para MEIs e MPEs.

História de sucesso
Stheffani Oliveira, empresária da Delícias em Camadas – Lanches e Confeitaria (@deliciasemcamadas_doces), compartilhou sua trajetória no empreendedorismo que começou aos 13 anos, vendendo brigadeiro na escola. Desde 2022, além de encomendas, ela vende seus produtos em uma loja física.

Stheffani Oliveira, empresária da Delícias em Camadas – Lanches e Confeitaria, empreende desde os 13 anos. Foto: Erivelton Viana

Primeira empreendedora da família, a confeiteira é cautelosa e tem consciência clara do seu negócio. Ela conta que fez um curso de gestão financeira pelo Sebrae e que essa capacitação foi muito importante. “Eu não tinha controle do que entrava, do que saia, até mesmo porque não imaginei que seria minha renda principal um dia”, lembra. “Pra mim, o Sebrae foi esclarecedor”, diz a microempreendedora que também fez cursos de marketing e Canva com auxílio da instituição. “A gente reproduz no produto o que sente no coração”, conta a empreendedora que considera que tem como “valor agregado carinho e dedicação”.

SERVIÇO:

A Semana do MEI ocorre até amanhã em todo o país. O Sebrae promove ações em mais de 2 mil municípios. De forma online, nesta quinta-feira (23), há a oficina Dicas para Aprimorar Suas Finanças, às 17h. Assista pelo link: https://www.youtube.com/live/nZEl2WTnehM?feature=share

Na sexta-feira (24), a partir de 10h45, o influenciador Felipe Tito fala sobre inovação.

Às 17h, é possível acompanhar a oficina “Marketing Digital – visibilidade e vendas”.

Acompanhe tudo o que ocorre na Semana do MEI no endereço: sebrae.com.br/semanadomei

source
Com informações do SEBRAE

Anúncios

Deixe uma resposta