O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), tem se empenhado em proporcionar aos estudantes mineiros as melhores ferramentas para alcançarem sucesso no Enem e na trajetória profissional.

Como parte desse esforço, cerca de 185 mil estudantes do 3º ano do ensino médio e 3º período da Educação para Jovens e Adultos (EJA) participam, nesta semana, de um simulado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desenvolvido pela plataforma Enem MG, da Estudo Play.

O objetivo é oferecer uma experiência prática que simule as condições reais do exame, familiarizando os alunos com o formato da prova, auxiliando-os no gerenciamento do tempo e na identificação de áreas que necessitam de melhoria.

O simulado oferece um diagnóstico detalhado que orienta estudantes e professores na preparação para o exame, que acontecerá em novembro.

“A aplicação desse simulado vai trazer uma trilha formativa personalizada para cada estudante, dando a ele um direcionamento nos estudos ao longo do ano para fazer o Enem. Os professores poderão, também, verificar em seu planejamento como eles podem apoiar, cada vez mais, seus estudantes”, afirma a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Kellen Senra.

Para atender a todos os estudantes, foram impressas 370 mil provas, que foram distribuídas para as Superintendências Regionais de Ensino (SREs), organizadas por escolas e turmas.

Desenvolvido com o auxílio de inteligência artificial, o simulado analisa provas anteriores do Enem para criar questões semelhantes em formato e nível de dificuldade, proporcionando uma preparação eficaz.

Até a data do Enem, um segundo simulado será aplicado para monitorar o progresso dos estudantes e ajustar aspectos pontuais que possam melhorar seu desempenho.

 

SEE-MG / Divulgação

Organização do simulado

Todas as escolas que atendem o público-alvo do exame receberam a recomendação de aplicar o simulado em duas etapas.

Na terça-feira (21/5), foram aplicadas as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação. Nesta quinta (23/5), serão aplicadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

Na Escola Estadual Imaculada Conceição, em Pedro Leopoldo, cerca de 200 estudantes do 3º ano do ensino médio e do 3º período da EJA se reuniram em um único turno para realizar a prova.

A gestão escolar montou uma estrutura idêntica à do Enem: os portões da escola foram abertos ao meio-dia e fechados às 13h, horário de início da aplicação do simulado.

A estudante Maria Eduarda Andrade, de 17 anos, fez a prova do Enem nos últimos dois anos como participante treineiro. Neste ano ela realizará o exame novamente com o desejo de ingressar na faculdade de Medicina.

“O simulado ajuda tanto a nos prepararmos pelo modelo de prova, analisando o que o Enem pode cobrar e de que forma ele cobra, até pelo emocional, que geralmente abala os estudantes, gera ansiedade. Conseguimos também analisar o tempo de prova, o que pode ser gasto na redação, em cada uma das questões e o tempo para passar no gabarito”, comenta.

A prova teve cinco horas de duração com tempo mínimo para sair de sala de aula, foi solicitado documento de identificação com foto, disponibilizada caneta preta para realização do simulado, pertences eletrônicos foram guardados em envelopes e, como diferencial, a escola ofereceu almoço e lanche da tarde aos participantes.

A diretora da unidade escolar, Márcia Basílio, reforça a importância dessa iniciativa.

“A primeira contribuição é vivenciar uma dinâmica muito próxima do Enem. Experimentar todas as sensações e também frustrações. O segundo ponto é cada estudante ter uma ideia individual de como está no processo de aprendizagem. Essa experiência e o resultado que o simulado vai trazer para esses alunos é de grande benefício. Eles podem sair muito felizes desse processo ou perceberem que precisam se preparar um pouco melhor para conquistarem o que almejam”, destaca.

Aulas ao vivo

A plataforma Estudo Play promoveu, entre os dias 22/4 e 17/5, aulas ao vivo direcionadas à revisão de conteúdo do exame.

O propósito das aulas on-line é preparar os estudantes para o simulado. Elas foram transmitidas ao vivo das 14h às 17h nos canais do Youtube da Estudo Play e da Secretaria de Educação.

Os interessados ainda podem acessar o conteúdo, que continua disponível nas plataformas. Cada aula tem entre 45 a 50 minutos de duração.

Resultados

Após a aplicação do simulado, será disponibilizada uma análise detalhada dos resultados, prevista para a primeira quinzena de junho.

Com base nesses dados, poderão ser implementadas estratégias pedagógicas específicas para abordar as áreas de maior dificuldade identificadas, garantindo uma preparação contínua e eficaz não só para o Enem, mas para a formação do estudante no ensino médio.

Esse resultado, que será disponibilizado tanto para professores quanto para estudantes, destacará pontos fortes e áreas que necessitam de melhorias.

A plataforma fornecerá sugestões específicas de melhoria para cada área do conhecimento, ajudando os estudantes a focar nos conteúdos que precisam de mais atenção.

Sobre a plataforma Estudo Play

A plataforma Estudo Play, que pode ser encontrada como Enem MG nos dispositivos móveis, foi adquirida em março deste ano, e auxilia os estudantes da rede estadual de ensino mineira na preparação para o Enem.

Oferecendo uma gama de recursos educacionais, a ferramenta proporciona uma preparação abrangente e eficaz. Os estudantes podem acessá-la por meio de computador, tablet ou celular, tanto na escola quanto em casa.

Iniciativas como essa são fundamentais para a qualidade da educação, oferecendo ferramentas práticas e diagnósticos precisos que ajudam a identificar e corrigir deficiências no aprendizado.

A plataforma Estudo Play oferece recursos interativos, conteúdos atualizados e ferramentas de diagnóstico que permitem uma preparação personalizada.

source
Com informações da Agência Minas

Anúncios

Deixe uma resposta