O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede-MG), participou da 20ª Expoleste, em Governador Valadares, maior feira de negócios e empreendedorismo da região, na quarta-feira (22/5). 

Com expectativa de receber mais de 60 mil visitantes e gerar cerca de R$ 50 milhões em negócios até domingo (26/5), o evento busca fomentar o desenvolvimento econômico do Leste mineiro e criar oportunidades de negócios entre empresas e instituições locais. 

Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio destacou o Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios (CMON) na feira. 

A política pública do Governo de Minas vem contribuindo para somar forças, num projeto que foca a promoção de acesso de Micro e Pequenas Empresas (MPEs) a mercados e visa aproximar e inserir os pequenos negócios como fornecedores de segmentos identificados pelo Estado nas regiões de Minas Gerais, de acordo com vocações econômicas.

Governador Valadares conta hoje com 54 fornecedores capacitados pelo programa.

O município também se destacou, em 2023, com a maior participação na pauta exportadora do segmento de pedras preciosas (87,7%), obras de pedras preciosas (4,2%) e produtos animais para a preparação de fármacos (3,7%). Inclusive, há um Arranjo Produtivo Local de Gemas e Joias reconhecido pelo Governo de Minas na região. 

Além disso, desde 2019, foram atraídos R$ 311 milhões em investimentos privados para a cidade, contabilizando um total de cinco projetos e a criação de quase 5 mil empregos, entre diretos e indiretos. Os principais setores são alimentos (40%); fármacos (20%); e-commerce (20%); e energias e outros (20%). 

Abertura recorde de empresas 

A abertura de empresas em Minas Gerais alcançou o melhor desempenho dos últimos 6 anos no mês de abril, com a marca de 9.021 novos empreendimentos registrados no período. 

O número equivale a 300 empresas abertas por dia, superando em 27,6% a média de 2023, que foi de 235 constituições empresariais diárias. 

Governador Valadares se destaca neste panorama, com a abertura de 417 empresas entre janeiro e abril deste ano, segundo último relatório mensal da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), entidade vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, responsável por movimentações como abertura, alterações e encerramentos empresariais. 

“Os números refletem o trabalho de um governo que facilita, desburocratiza e faz com que o ambiente de negócios seja o mais livre possível. Minas Gerais é hoje um grande atrativo para qualquer empresa que busca um lugar para produzir, gerar empregos e fomentar a economia”, afirmou o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, que representou o Governo de Minas na abertura da feira. 

Em 2021, a cidade aderiu ao Minas Livre para Crescer, programa de iniciativa do Governo de Minas para estimular a liberdade econômica e simplificar processos. 

Melhoria da qualidade de vida 

Outro destaque na região é o investimento de R$ 48 milhões da Cemig.

Destes, a maior parte, cerca de R$ 43 milhões, foi destinada à distribuição, melhorando a qualidade da energia fornecida na região. 

Além de energia, qualidade de vida e ações socioeconômicas garantem dignidade e bem-estar aos valadarenses com o Minas Reurb. 

O Programa de Regularização Fundiária Urbana do Estado entregou 893 títulos a Governador Valadares e região em 2020, mudando a realidade econômica e social dos cidadãos. 

source
Com informações da Agência Minas

Anúncios

Deixe uma resposta