Alunos da UME Prof. Dr. Luiz Pieruzzi Netto e moradores da comunidade com até 18 anos podem se aventurar em um novo aprendizado de maneira gratuita. O Programa Cubatão Sinfonia está com inscrições abertas para aulas de dança, violão, violino e percussão. Para garantir a vaga é necessário ir até a unidade na Av. Martins Fontes n°1.241, Vila Nova, Cubatão, das 9h às 16h.

Interessados devem levar original e cópia do RG, RA ou certidão de nascimento; declaração da escola em que estuda; comprovante de residência. Menores de idade devem estar acompanhados pelo pai/mãe ou responsável. Importante destacar que não há processo seletivo e não é necessário ter conhecimento musical ou possuir instrumento musical próprio, pois o Programa disponibiliza instrumentos e material pedagógico para uso em aula.

Quem faz o sonho acontecer | Realizado pela Associação de Músicos da Banda Sinfônica de Cubatão, o Cubatão Sinfonia oferece aulas artísticas a crianças, adolescentes e jovens que vivem em áreas de vulnerabilidade social. Este ano, o sonho artístico-cultural é patrocinado pelas empresas BEQUISA, CMOC E UNIPAR por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura. O Programa conta com apoio da Prefeitura de Cubatão via Secretarias de Educação, Cultura e Comunicação.

Mais sobre o Cubatão Sinfonia | O Programa Cubatão Sinfonia completa 16 anos de anos de atividades ininterruptas: desde 2007, tem recebido crianças e adolescentes, tirando-os da ociosidade no contraturno do colégio. Tantas histórias e anos de atividade renderam diversos prêmios ao Cubatão Sinfonia. Em 2012, o Programa foi semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef, selecionado entre mais de 2.922 projetos de todo o País, o que lhe garantiu o selo da UNICEF que certifica a seriedade do projeto no atendimento à criança e ao adolescente.

Em 2020, mesmo com todas as dificuldades por conta da pandemia, foi contemplado com 1º lugar no Prêmio Comunidade em Ação, do Jornal A Tribuna, na categoria Ação Cultural e Entretenimento. Em 2022, também ganhou o Prêmio Comunidade em Ação, do Jornal A Tribuna, na categoria Voto Popular. Nesta expressiva vitória, o projeto recebeu 29 mil dos 31 mil votos computados. Ao longo dos anos, os patrocinadores foram alicerces que tornaram possível esse sonho artístico. Foi por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) que o programa manteve as atividades alinhadas.

Foram atendidos cerca de 3.000 alunos em todos esses anos de atividades. Muitos chegaram a seguir a carreira artística, mas Leandro Sampaio, um dos coordenadores do Programa, destaca que o objetivo é ainda maior, o de formar cidadãos: “Sabemos do poder transformador da arte e usamos isso para mostrar um novo caminho a essas crianças e adolescentes. Estamos essencialmente presentes em áreas de vulnerabilidade social, oferecendo aulas de artes no contraturno escolar e apontando um caminho diferente, lúdico e positivo”.

source
Com informações da Prefeitura de Cubatão

Anúncios

Deixe uma resposta