Por Isabelle Amaral

A Polícia Civil de São Paulo enviou, na quinta-feira (9), mais de 20 toneladas de doações e um novo efetivo para ajudar nos resgates após as chuvas devastadoras que atingiram o Rio Grande do Sul e deixaram, até agora, mais de 100 mortos. 

No total, foram sete policias do Grupo Especial de Reação (GER) e um policial do Serviço Aerotático da Polícia Civil (SAT), que também pertence à divisão de operações especiais. A equipe vai auxiliar nos resgates e não tem data prevista para voltar. 

As doações enviadas foram arrecadadas por meio de uma campanha do GER, na qual pediram comidas não perecíveis, agasalhos, roupas de cama, produtos de limpeza e higiene pessoal. 

Deatur já enviou mais de 30 toneladas de arrecadações e segue recebendo doações

A Divisão Especializada de Atendimento ao Turista (Deatur) montou pontos de arrecadações nos aeroportos Congonhas, Guarulhos, Viracopos e Porto de Santos. Até agora, foram mais de 30 toneladas de arrecadações enviadas ao Rio Grande do Sul.

Segundo a delegada Fernanda Herbella, responsável pela Deatur, as doações ficam no máximo um dia nas delegacias, sendo enviadas diretamente ao sul por meio dos aviões de companhias aéreas particulares que também têm colaborado com a ação.

A maioria dos itens enviados foi água. A divisão também recebeu uma grande quantidade de roupas, alimentos e produtos de limpeza. Todas as doações são devidamente embaladas em plásticos e caixas pelas equipes para que não haja nenhum dano.

Anúncios

Deixe uma resposta