23 de maio de 2024 – 08:42
#cumprimento de mandados #DIP #DPI Sul #PCCE #prisão


Ascom SSPDS – Texto e Fotos



A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deflagrou, nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (22), a “Operação Rigore”, com o objetivo de prender integrantes de grupo criminoso com atuação no Cariri e no Sertão dos Inhamuns, no Ceará, bem como em outros estados do Brasil. Até a tarde desta quarta-feira, dia 22, 44 mandados de prisão preventiva foram cumpridos contra homens e mulheres. Destes, nove alvos já se encontravam recolhidos em unidades prisionais do Ceará. Armas, drogas, dinheiro e celulares foram apreendidos durante a ofensiva.

Coordenada pela Delegacia Regional de Juazeiro Norte, por meio do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas, a operação contou com cerca de 240 policiais, que participaram das diligências nos municípios de Juazeiro do Norte, Barbalha, Caririaçu, Assaré, Várzea Alegre, Tauá, Horizonte, Pacatuba, Maranguape, Maracanaú e Fortaleza. Além do Ceará, também foram cumpridos mandados nos estados de Pernambuco, Maranhão, Piauí, Paraná, Goiás, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo. A ofensiva contou com apoio, também, do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPI-Sul), do Núcleo Avançado de Inteligência (NAI) e do Departamento de Inteligência (DIP).

Com 130 decisões judiciais em mãos, sendo 62 mandados de prisão preventiva e 68 mandados de busca e apreensão, os policiais conseguiram êxito nas capturas de alvos que, com base nas investigações, têm ligação direta com o tráfico de drogas e outros crimes registrados na região do Cariri. Entre os suspeitos, está um homem, de 23 anos, que havia sido preso na última sexta-feira (17), após roubar mulheres em uma barraca na Praia do Futuro, em Fortaleza. No dia, o homem foi capturado por equipe do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e liberado em audiência de custódia. Com a operação em curso, também na capital, ele foi capturado mais uma vez no bairro Vicente Pinzon, na Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1) de Fortaleza. O homem integra o grupo que age na região do Cariri cearense.

Ainda durante as diligências, armas, drogas, celulares e dinheiro foram apreendidos pelos investigadores. Com isso, os suspeitos capturados foram colocados à disposição do poder judiciário.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85)3101-0181 que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para os números (88) 3102-1116/(88) 3102-1105, da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. O sigilo e o anonimato são garantidos.





source
Com informações do Governo do Estado do Ceará

Anúncios

Deixe uma resposta