Representantes de Pinda chegam a Canoas-RS e são recebidos pelo prefeito

Os representantes da Defesa Civil de Pindamonhangaba e o motorista da AB Areias, que foram a Canoas-RS levar a primeira remessa de doações da cidade diretamente ao Rio Grande do Sul, chegaram na manhã desta quarta-feira (22) ao seu destino final. Eles foram recepcionados pelo diretor do Escritório de Resiliência Climática da Defesa Civil de Canoas, Rubens Rebés, e recebidos pelo prefeito Jairo Jorge.
“Após quase 24 horas de estrada, chegamos com uma carreta lotada de donativos da população de Pindamonhangaba, com água, produto de higiene, produto de limpeza, cobertor e ração”, disse o diretor da Defesa Civil de Pinda, Michel Cassiano. “É com muita satisfação que o doutor Isael, nosso prefeito de Pindamonhangaba, deu essa missão para a gente, e estamos aqui trazendo esses donativos. Estamos aqui também com o engenheiro civil Roberto, para ajudar no que for preciso na avaliação das casas atingidas, e o pessoal da AB Areias, que é a empresa que doou a carreta para a gente, que possibilitou trazer todos esses donativos. Com muita alegria a gente entrega isso para Canoas-RS. Gratidão por nos receberem, por nos acolherem. Vamos ficar alguns dias para poder ajudar no que for necessário”, completou.
“A Prefeitura Municipal de Canoas e o Escritório de Resiliência Climática agradecem o apoio que o Michel, o prefeito dr Isael e toda a população de Pindamonhangaba estão trazendo para a nossa população de Canoas. Agradeço imensamente essa ajuda humanitária, porque nós estamos realmente precisando. Nossa cidade foi atingida fortemente da região metropolitana de Porto Alegre, colocando aí mais de 180 mil pessoas fora de suas casas e criando 80 mil pessoas com casas perdidas. Agradeço imensamente e de coração o nome da Prefeitura de Canoas. Deus abençoe a todos”, agradeceu o diretor Rubens Rebés.
No encontro com o prefeito Jairo Jorge, o diretor da Defesa Civil de Pinda entregou uma bandeira de Pindamonhangaba e as cartinhas enviadas pelos estudantes da cidade, para que cheguem nas mãos de seus destinatários.
“Eu também sou uma pessoa que tem muita fé. Eu acredito que Deus sempre nos dá, depois de um obstáculo, um novo horizonte. Ele nos dá dádivas. Depois da dificuldade vem a bonança. Depois do desafio vencido vem a vitória. Então eu acredito que algo melhor virá para nós. Eu sei que é difícil agora, todas as pessoas, todos nós estamos sentindo. Sentindo quem perdeu, mas sentindo também pelos amigos. Quem não perdeu, sente pelos amigos que perderam. Perderam o que tinham… sua casa, seus móveis, suas roupas, suas memórias… As pessoas perderam tudo. Então realmente é algo desafiador. Hoje são 347 mil pessoas afetadas”, disse o prefeito Jairo Jorge, agradecendo o gesto de Pindamonhangaba.
Após a audiência com o prefeito, a equipe da Defesa Civil já havia agendado para a parte da tarde um reconhecimento técnico das áreas atingidas e das que ainda estão alagadas com apoio de barco para as vistorias com o engenheiro.
“Vendo de perto as áreas atingidas, é triste de constatar um cenário de destruição, pessoas que perderam tudo lavando suas casas e buscando forças para continuar, mas esperançosas em verem ajuda humanitária vindo de toda parte. O diretor da Defesa Civil de Canoas nos relatou que cerca de 40% do município foi atingido pela inundação e que 17 mil pessoas estão em abrigos provisórios, ainda necessitando de donativos”, relatou Michel Cassiano. “Somos gratos, estamos empenhados em de alguma forma contribuir com os nossos irmãos do RS. Realmente a realidade aqui é difícil de presenciar, o cheiro no local, mesmo nas áreas que não foram afetadas, é muito forte, muito importante nossa ajuda neste momento e também a continuidade das doações”, destacou Michel Cassiano, lembrando que, segundo o prefeito Jairo, a maior necessidade atualmente é de alimentos, produtos de higiene e de limpeza.
Desta forma, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Dra. Claudia Domingues, já está empenhada em ampliar a arrecadação para o Rio Grande do Sul agora incluindo alimentos não-perecíveis, que podem ser entregues no Shopping ou no galpão na Rua Dr. João Romeiro. Assim que novos itens forem arrecadados, nova remessa será enviada ao Rio Grande do Sul.







source
Com informações da Prefeitura de Pindamonhangaba

Anúncios

Deixe uma resposta