O cantor Rodolfo Abrantes e sua esposa, Alexandra, se manifestaram nas redes sociais após as denúncias envolvendo a Bola de Neve Balneário Camboriú e expuseram seus traumas do período em que fizeram parte da igreja, há mais de uma década.

Inicialmente, Alexandra Abrantes veio a público logo após as denúncias contra a filial da Bola de Neve em Balneário Camboriú (SC) e fez críticas à filial, onde ela e o marido foram membros entre 2004 e 2011.

As denúncias envolvem um suposto desvio de recursos públicos em entidades assistenciais que seriam ligadas à Bola de Neve e ao casal de pastores que conduz a filial.

“Que vergonha dessa Bola de Neve. Queria poder mencionar o @, mas estou bloqueada. Talvez esteja bloqueada para não expor (mais ainda) os abusos e manipulações que sofri quando era ‘membra’”, disse Alexandra.

Segundo ela, há muito mais detalhes da conduta dos líderes a ser corrigida: “Pastora só por título, pois nunca cuidou de ninguém a não ser de si mesma. As feridas não foram só em mim. Se tem uma coisa que eu me arrependo nessa vida, foi ter sido ‘parte’ da Bola de Neve Balneário Camboriú”.

“Há 13 anos me desvinculei desse sistema podre de manipulação e controle de pessoas. Que nada tem a ver com o reino de Deus. Vergonha! É o que eu sinto, além de muito arrependimento. Gostaria de pedir perdão, para todas as pessoas que, diretamente ou indiretamente, eu influenciei a frequentar essa suposta igreja, que nada tem de Cristo”, finalizou.

Rodolfo Abrantes também usou o Instagram para se posicionar sobre o perfil da Bola de Neve e alegou ter sofrido abusos psicológicos na igreja: “Eu e minha esposa nos desligamos desse ministério em 2011. Escolhi não falar nada naquela época com a preocupação de não arrastar pessoas para fora de igreja e de não ser acusado de mais coisas do que eu fui”.

Para o cantor, sua postura foi ignorada pelos líderes da igreja: “Eu e minha esposa fomos taxados de irresponsáveis, minha esposa foi chamada de Jezabel, eu fui chamado até de caloteiro. Me acusaram de ter uma dívida com o selo Bola Music, o que, no final de 2022, foi feita uma prestação de contas e eu não devia absolutamente nada”, garantiu.

Sobre as denúncias de desvios de verba, Rodolfo preferiu se abster: “O que eu quero dizer não se refere às acusações que têm vindo à tona, questões envolvendo fraudes e outras coisas que não me dizem respeito e eu não tenho conhecimento, prova, nem base nem capacidade pra ficar acusando ninguém”.

“O que estou aqui pra dizer é que estou com a minha esposa, vi o sofrimento dela, vi o quanto ela sofreu de abusos emocionais naquele ministério. Nós sofremos demais como família, nosso casamento foi abalado naquela época e nós sobrevivemos. Estamos firmes, mas carregamos cicatrizes de feridas que demoram muito pra curar”, lamentou, de acordo com informações do portal Metrópoles.


source
Com informações do Portal Gospel Mais

Anúncios

Deixe uma resposta