A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap-PB) lançou nesta terça-feira (21) o livro Mulheres que Fazem Acontecer no Sistema Penitenciário da Paraíba. Com 312 páginas, a obra contém relatos de experiência, artigos científicos, crônicas e poemas de 33 mulheres que trabalham nas nossas prisões. São 16 policiais penais e 17 professoras e profissionais da Saúde, do Direito, da Assistência Social e da Comunicação.

Em sua fala o secretário João Alves de Albuquerque parabenizou as autoras pela iniciativa e destacou que é fundamental a produção literária sobre o sistema prisional. Na ocasião, o gestor evidenciou que a Escola de Gestão Penitenciária passará a cuidar das futuras obras, um processo que edificará a futura biblioteca do sistema penitenciário.

O lançamento aconteceu no auditório da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (CINEP), com público de cerca de 100 pessoas.

Ainda participaram do lançamento o secretário executivo da Seap-PB, João Paulo Barros, o diretor de desenvolvimento econômico da CINEP, Rui Bezerra Cavalvanti, Marielza Rodriguez, coordenadora do Programa do Artesanato Paraibano, Carla Alencar – Associação Paraibana de Imprensa, Ronaldo Porfírio, gerente da Gesipe, João Rosas, gerente de Ressocialização, Bispo Miguel, vice-presidente do Conselho da Comunidade, Ringson Toledo, gestor do Escritório Social, Mazukyevicz Nascimento, diretor da Escola de Gestão Penitenciária, Wagner Falcão, presidente da Associação dos Policiais Penais da Paraíba, além das autoras do livro, diretores e diretoras de unidades prisionais, e familiares que foram  prestigiar o lançamento.

O evento foi aberto com a apresentação da Orquestra de Câmara de Mulheres – Prima – Programa de Inclusão Através da Música. Formado por Mirna Hipólito, Joyce Katilly, Joyce Santana, Mayara Brito e Elma Virgínia. O Prima é um programa do Governo da Paraíba por meio das Secretarias da Cultura e da Educação.

O livro tem como idealizador e editor, o jornalista e policial penal Josélio Carneiro, que já produziu 12 obras literárias,  sobretudo no campo da memória. São organizadores da obra os policiais penais Mazukyevicz Silva, a assistente social, Cizia Romeu e Josélio. O prefácio da edição é de Nayhara Hellena Pereira Andrade e a apresentação é assinada pelo diretor da Escola de Gestão Penitenciária. A capa e a diagramação, Naudimilson Ricarte. Coube à jornalista e radialista Josy Gomes Murta, repórter da Ascom/Seap, a revisão dos textos.
___
Ascom-Seap/PB

Fotos: Edivaldo Malaquias/SESDS

source
Com informações do Governo do Estado de Paraíba

Anúncios

Deixe uma resposta