A programação on-line do último dia da Semana do MEI, nesta sexta-feira (24), teve a participação do ator, empresário e influenciador digital Felipe Titto na palestra “Inovação em cada passo: estratégias para se destacar no mercado digital”. Sem romantizar a vida desafiadora de quem empreende, ele contou na live que “quebrou” sete vezes antes de encontrar um caminho mais próspero para os seus negócios. Também expôs que sua curiosidade e dedicação extrema fazem toda a diferença para ser bem-sucedido.

Logo no início da conversa, Titto destacou a diferença entre ter um CNPJ e ser empreendedor, como também compartilhou as principais dificuldades enfrentadas quando resolveu se dedicar ao seu próprio negócio.

Eu também passei por essa fase de ter uma ‘euempresa’. Era muito centralizador e tinha medo de delegar tarefas. Isso é muito normal, mas eu acredito que eu poderia ter parado de andar em círculos e blindado meus negócios se tivesse poupado minha energia com achismos e buscado apoio para encontrar o caminho certo com os cursos do Sebrae.

Felipe Titto, empresário e influenciador digital

Durante a live, Titto pontuou alguns aprendizados adquiridos no mundo dos negócios, entre eles, saber muito bem seus pontos fortes e fracos.

“Quando o negócio ganha volume, você precisa buscar parceiros para complementar o seu trabalho justamente no que você não sabe fazer e não domina. E, claro, deixá-los trabalhar”, recomendou.

Sobre estratégia no ambiente digital, o multiempresário destacou as potencialidades das redes sociais, especialmente no Instagram, onde ele concentra seu trabalho e já alcança quase 6 milhões de seguidores.

“Não existe achismo no digital e a internet oferece várias ferramentas para conhecer o seu nicho, seu público e traçar uma jornada de experiência capaz de gerar engajamento, atrair entusiastas para o que você faz e converter tudo isso em vendas”, esclareceu.

Resgate de identidade

A artesã e empresária Selma Brito, dona do ateliê Inspiraê, de Rio Verde (MS), também foi convidada para contar um pouco da sua trajetória como empreendedora. Com talento manual desde criança, ela descobriu que o seu dom chamava a atenção das pessoas e suas produções eram vendáveis.

Artesã e empresária Selma Brito. Foto: Larissa Carvalho

Em um momento de crise financeira durante a pandemia, Selma encontrou o suporte e atendimento gratuito do Sebrae. Ela fez diversos cursos, participou do programa Sebrae Delas, voltado para o empreendedorismo feminino, e teve acesso às soluções tecnológicas do Sebraetec.

Atualmente, o seu pequeno negócio destaca-se pela confecção de artigos e acessórios com a faixa pantaneira, tradicional na cultura da região. Além de vender pela Internet, na plataforma Made In Pantanal, do Sebrae, ela participa de feiras e eventos por todo o país.

Eu já tinha o ateliê há mais de 20 anos quando resolvi me formalizar e me tornar MEI, em 2017. Tudo mudou quando resgatei as minhas raízes como pantaneira e levei isso para as minhas peças, mostrando a identidade do meu estado.

Selma Brito, artesã e empresária

Serviço

A Semana do MEI termina hoje (24) em todo o país, com eventos on-line e também presenciais promovidos pelo Sebrae em mais de 2 mil municípios.

Saiba mais sobre a trajetória de Felipe Titto. 

Conheça conteúdos do Sebrae sobre Marketing Digital aqui.

Nesta sexta-feira, a programação na Internet segue ao longo de todo o dia. As lives são transmitidas ao vivo pelo canal do Sebrae no YouTube.

Das 17h às 18h, acontece a Oficina prática “Marketing Digital – visibilidade e vendas”, com Paula Tebett (@paulatebett), jornalista especialista em marketing digital.

Às 19h, o grande encerramento da Semana do MEI será com a palestra on-line “Da ideia ao negócio: a Jornada da Chilli Beans”, com o fundador da marcar Caito Maia.

Ainda dá tempo de conferir a programação da Semana do MEI. Saiba mais: sebrae.com.br/semanadomei

source
Com informações do SEBRAE

Anúncios

Deixe uma resposta