As pessoas que passaram nesta quarta-feira (22/05) pelo Largo do Rosário puderam participar de uma ação inovadora do Maio Amarelo de Mogi das Cruzes, o Simulador de Distração. O equipamento, lançado pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, chama a atenção para os riscos existentes quando os motoristas utilizam o celular enquanto dirigem.

O Simulador de Distração é composto por uma estrutura que representa um veículo, com banco, volante e pedais de acelerador e freio. Em uma tela, um programa de computador simula situações cotidianas do trânsito das cidades, como a circulação de automóveis, motocicletas e pedestres. Durante a atividade, o participante fica com um celular que recebe mensagens. Ao tirar a atenção do trânsito para respondê-las, o motorista vive, na prática, situações de risco que poderiam acontecer nas ruas e avenidas.

“A utilização do celular ao volante é um dos principais fatores de risco para o trânsito atualmente. Ao tirar a atenção da via para ler ou responder uma mensagem, por exemplo, o motorista se coloca em risco de se envolver em acidentes e também coloca as outras pessoas em perigo, uma vez que pode ocorrer um atropelamento ou a colisão com outro veículo”, destacou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, João Marcos Souza, que acompanhou a ação.

De acordo com estudos, o motorista desviar a atenção para olhar o celular enquanto dirige a 80 km/h equivale a percorrer um campo de futebol com os olhos vendados. 

Durante o ano passado, foram registradas 1.902 autuações por dirigir segurando ou manuseando o celular em Mogi das Cruzes. Neste ano, até esta quarta-feira (22/05), foram registradas 771 autuações. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a infração é gravíssima, com 7 pontos no prontuário do motorista e valor de R$ 293,47.

“O risco da utilização do celular ao volante é um tema trabalhado nas ações voltadas à segurança viária durante todo o ano, desde as crianças até os mais velhos. Com o Maio Amarelo, a Prefeitura está lançando o Simulador de Distração em que as pessoas podem sentir na prática o perigo a que estão sujeitas, muitas vezes sem perceber”, explicou a diretora de Educação para o Trânsito e Segurança Viária, Cristina Candido, responsável pelo desenvolvimento do equipamento.

Na ação desta quarta-feira, a população também pode realizar atividades com o Simulador de Embriaguez. Nele, o participante utiliza um óculos que simula os efeitos da bebida alcoólica no organismo e precisa passar por um percurso formado por cones. No final, a pessoa deve acertar uma bola de tênis em um cesto que está próximo. O objetivo é demonstrar como a bebida alcoólica interfere no senso espacial e direção dos condutores e deixar o alerta do risco que isso representa no trânsito. 

O trabalho também teve a distribuição de material educativo pela equipe do Departamento de Educação para o Trânsito e Segurança Viária. 

Maio Amarelo

A programação do Maio Amarelo em Mogi das Cruzes prevê ações voltadas à segurança viária durante todo o mês. O tema deste ano é “A paz no trânsito começa por você” e todos os dias as equipes do Departamento de Educação para o Trânsito e Segurança Viária estarão em algum ponto da cidade para a realização de atividades. O objetivo é chamar a atenção da população para a importância de um trânsito mais seguro, harmônico e humano.

Mais informações sobre a programação do Maio Amarelo em Mogi das Cruzes e sobre o trabalho voltado à educação para o trânsito e segurança viária na cidade podem ser obtidas pelo telefone 4798-6783 ou pelo e-mail [email protected].

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta