A Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Professor Diocésio de Menezes, na Vila Pereira, recebeu o primeiro biodigestor, o equipamento sustentável que transforma resíduos orgânicos, como restos de comida, em biogás, adubo e biofertilizante. A inauguração ocorreu nesta quarta-feira (5), com a presença do vice-prefeito, Daniel Balke, e integra uma das ações da Semana do Meio Ambiente em Ferraz de Vasconcelos.

A iniciativa contemplou cinco cidades da região, por meio do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (CONDEMAT). O sistema vai colaborar para a economia do consumo de gás da cozinha da unidade e evita que os resíduos sejam destinados para aterros ou lixões, além da redução de emissão de carbono dos caminhões de lixo.

Com capacidade de até 20 quilos de resíduos orgânicos por dia, o biodigestor vai receber materiais que são produzidos diariamente, como restos de comidas, cascas de frutas, legumes e pó de café. Portanto, consegue gerar diariamente 1 metro cúbico de biogás, o equivalente a duas a três horas de combustível para alimentar duas bocas de um fogão adaptado para o gás produzido pela estrutura, que também já está instalado na escola.

Alunos, professores e gestores municipais participaram da colocação dos alimentos no biodigestor. “A nossa escola sempre foi um exemplo de ações sustentáveis, desde pequenos aprendemos sobre a importância de cuidar do meio ambiente. Estamos muito felizes com a conquista”, destaca o estudante Heitor, do 5° ano.

De acordo com a secretária de Educação, Paula Trevizolli, esse é mais um passo de sustentabilidade na rede ferrazense. “Ensinar os benefícios da compostagem também é incentivar a alimentação saudável dos alunos e da comunidade como um todo. O biodigestor representa o crescimento sustentável da nossa cidade”, pontua.

 

 

Texto: Jamile Matos – MTB: 87869/SP/Secom Ferraz.

Fotos: Laura Ramos/ Secom Ferraz.

source
Com informações da Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta