Você está em:

1º Simpósio de Prevenção e Tratamento de Queimados da Santa Casa  de Poços foi um sucesso 

 

Foto 3 1

Aconteceu na última semana  (23), no Palace Casino, o 1º Simpósio de Prevenção e Tratamento de Queimados do Centro de Tratamento de Queimados da Santa Casa de Poços de Caldas. Durante o simpósio foram apresentadas diversas palestras sobre o tema, ministrada por grandes profissionais da área.

O evento contou com a presença do vice-prefeito Júlio César de Freitas, do vice-provedor da Santa Casa de Poços de Caldas, Marcos de Carvalho Dias e da provedora da Santa Casa de Poços de Caldas, Célia Maria de Souza.

O simpósio teve como objetivo fomentar uma troca significativa de conhecimentos entre diversos especialistas da área da saúde, com ênfase na prevenção e no tratamento de queimaduras. Em consonância com a campanha “Junho Laranja”,  evento que destaca a relevância da prevenção e da redução dos danos causados por queimaduras.

Foto 1A médica intensivista da Santa Casa, Dra. Natália Nacarato, responsável pelo Centro de Tratamento de Queimados do Hospital, ficou muito satisfeita com o resultado deste 1º Simpósio.  “O evento foi muito bom, as palestras foram excelentes, a gente trouxe bastante da nossa experiência, de cada parte multiprofissional, do tratamento direto do grande queimado, também teve a parte de prevenção. Então, conseguimos compartilhar bastante conhecimento , dividir as experiências e, graças a Deus, teve um grande público, o pessoal conseguiu estar presente. Agradecemos a presença de cada um e também a toda a equipe da Santa Casa, que foi maravilhosa e ajudou a construir esse momento”, disse Dra. Natália.

Centro de Tratamento de Queimados da Santa Casa 

Desde 2022, o Estado aumentou a quantidade de hospitais autorizados a tratar pessoas com queimaduras. Naquele ano, a Santa Casa de Poços cuidou de 14 pacientes queimados. Em 2023, após seu primeiro credenciamento como hospital de porte 2, o número subiu para 36 pacientes atendidos. Em janeiro deste ano, o hospital recebeu uma nova classificação como porte 3 e já tratou 37 pacientes em seis meses.Atualmente, a Santa Casa de Poços de Caldas está com a Santa Casa de São Sebastião do Paraíso, ambas como porte 3.

“Precisávamos  do Centro de Queimados aqui há muito tempo, o volume é grande e a gente não tinha um local específico, internando os pacientes  na UTI Geral, mas agora, com o centro isolado, vai ser bem melhor. E esse 1º Simpósio foi excelente, a procura das pessoas surpreendeu, foi bem bacana. Parabéns à Santa Casa pela iniciativa”, explica a médica intensivista da Santa Casa, Dra. Dayse Lucia Vasconcelos, também responsável pelo Centro de Tratamento de Queimados do Hospital.

Dra. Dayse conta ainda um pouco de como é o tratamento do paciente grande queimado dentro da Irmandade. “O tratamento do grande queimado envolve várias nuances, não só a dor física, não é só a dor propriamente da queimadura, mas a dor dos curativos, dos procedimentos cirúrgicos que esses pacientes podem ser submetidos, da mobilização do leito, banho, curativo… Tudo isso gera dor. Tem também a dor psicológica, os traumas que esse tipo de paciente sofre são traumas importantes e se a gente não ficar atento para isso, não só a dor física, mas a dor da alma, esses pacientes podem ter sequelas graves deste tipo de tratamento. Tudo isso envolve a equipe multidisciplinar bem unida, visitas diárias, constantes, avaliações clínicas diárias e a participação de todos, fisioterapeutas, enfermagem, psicólogos… Toda a equipe participa ativamente do tratamento do grande queimado”, completa Dra. Dayse.

Foto 6


source
Com informações da Prefeitura de Poços de Caldas

Anúncios

Deixe uma resposta