A Kombi Literária Casulo Viajante iniciará mais uma turnê pelas cidades da Baixada Santista e do Vale do Ribeira, levando contação de histórias, cultura e entretenimento gratuito como opção de lazer neste período. E essa Kombi Literária passará por Cubatão já nesta sexta-feira (5), às 9 horas, cuja apresentação  será na UME Amazonas, na Vila Paulista, em uma ação voltada exclusiva para os alunos e equipe da escola. No mesmo dia, ela seguirá para o Guarujá, onde se apresenta às 15 horas, desta vez aberta ao público, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da Enseada, com o espetáculo narrativo ”Nosso norte é o sul – contos da América daqui”. A entrada é gratuita.

Já em São Vicente, o público pode ver o espetáculo gratuito no dia 8/7, às 14 horas, no Conjunto Primavera, localizado na Avenida Sambaiatuba, 13, no Jockey Clube. Essa apresentação acontece em parceria com o Instituto Camará Calunga, que desenvolve ações coletivas com apoio de parceiros, para promover transformações nas vidas de crianças e adolescentes a partir de seus territórios. Em Bertioga, a Kombi Literária estará no dia 11/7, às 15 horas, no Espaço Cultural Vila da Mata (Av. dos Tucanos s/n), na Vila da Mata, Guaratuba. No dia 12/7, às 16h30, a apresentação será na Biblioteca Comunitária Infantil Conto de Fadas Periférico, na Rua Catarina Bandieira, 567, Vila Caiçara, em Praia Grande. Ambos os locais têm entrada gratuita e são abertos ao público.

A Kombi Literária dá vida ao cenário que remete a elementos típicos, como a bandeira Wiphala, que é o símbolo de identificação cultural dos povos da região dos Andes, e simbólicos, como o instrumento “El Erke”, que é tocado para anunciar a chegada do inverno, e o “charango”, que dedilha sons de pertencimento. “A whipala, por exemplo, representa a unidade, a solidariedade e a harmonia entre diferentes etnias no interior do Império Inca. Assim, de forma lúdica, abordaremos questões importantes para nossa América Latina. Acreditamos que tais histórias são portais para uma comunidade mais plural e empática para e com as diversidades culturais, e com as inquietações acerca da imigração latino-americana recorrente no Brasil”, reflete a artista.

Outras apresentações em bairros periféricos terão datas definidas em breve, mantendo a intenção de Brunna e Renato de atingir um público maior e descentralizado. “Nossa proposta é circular na Baixada Santista e no Vale do Ribeira, convidando escolas, espaços culturais e instituições, principalmente que contemplem imigrantes latino-americanos. A definição dos locais que o projeto irá ocupar leva em consideração bairros com menor acesso a espaços culturais e com população menos assistida ou excluída do exercício de seus direitos culturais por sua condição socioeconômica”, finaliza ela.

Breve Histórico – O Casulo Viajante começou a circular em janeiro de 2017 em Santos, por iniciativa de dois artistas: a contadora de história Brunna Talita e o músico Renato Ribeiro. De lá para cá, a dupla tem percorrido a região para narrar histórias, promover experiências lúdicas e acessíveis à população, tudo a bordo da charmosa kombi que abriga livros, instrumentos e se transforma em cenário. Com o espetáculo, os artistas se propõem a contar histórias dos povos originários do grande território que hoje forma a América do Sul, ressignificando o imaginário social através de uma narrativa que convida à descolonização do pensamento.

“Em novembro de 2022, viajamos pela cordilheira dos Andes até a cidade de Ushuaia, na Patagônia Argentina, numa aventura-colheita de histórias. Na bagagem, trouxemos contos cheios de encantamentos e, para compartilhar e trocar experiências com o público, convidamos a todos para se aconchegarem e viajarem conosco através das histórias”, detalha Brunna. Um diferencial do espetáculo é a acessibilidade, com Amanda Lioli fazendo a intepretação em Libras e Daniel Braga Lima, responsável pela audiodescrição, oportunizando a vivência entre todas as pessoas. “Queremos levar cultura e pertencimento a todos, sensibilizando de forma lúdica as crianças, em especial, para que as próximas gerações sejam mais unidas e acolhedoras entre os povos”.

Esse projeto é contemplado pelo Edital Lei Paulo Gustavo 20/2023 de Difusão Cultural, com apoio do Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas. Para conhecer mais sobre o Casulo Viajante, acesse @ocasuloviajante, www.facebook.com/ocasuloviajante ou o canal no YouTube.

 

Por: Secom Cubatão, com informação do organizadores do Projeto Casulo Viajante

 

 

 

source
Com informações da Prefeitura de Cubatão

Anúncios

Deixe uma resposta