04/07/2024 – 15:57  

Wikimedia Commons

Ex-senador e ex-governador Petrônio Portella

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5342/19, que inscreve o nome de Petrônio Portella no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. O livro fica depositado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A proposta segue agora para análise do Senado.
Petrônio Portella Nunes nasceu em Valença do Piauí (PI) em 12 de outubro de 1925. Formado em direito, entrou para a política como deputado estadual em 1954. Foi também prefeito de Teresina, senador, presidente do Senado e governador do Piauí.
O deputado Flávio Nogueira (PT-PI), autor do projeto, ressaltou a importância do homenageado para o desenvolvimento do país. “Mestre da política, grande solucionador de conflitos, era sábio em gerenciar crises, sempre pautado nos mais sólidos princípios morais e éticos. Assim, o piauiense revelou-se um árduo combatente pela causa da liberdade e teve participações decisivas na história da Pátria, entre as quais há de se destacar a histórica condução do processo de redemocratização do país”, diz o autor.
Relator na CCJ, o deputado Arthur Oliveira Maia defendeu a aprovação da proposta com as emendas da Comissão de Cultura, que corrigem aspectos de técnica legislativa.
Atualmente, já estão inscritos no Livro nomes de personalidades importantes como Tiradentes, Anita Garibaldi, Alferes Maria Quitéria de Jesus e o Barão do Rio Branco.

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Wilson Silveira

source
Com informações da Câmara Federal

Anúncios

Deixe uma resposta