Interessados devem efetuar o cadastro por meio de formulário eletrônico; ao todo, serão selecionados 22 projetos em cinco categorias

A Secretaria de Cultura de Suzano segue com as inscrições abertas para a seleção de 22 projetos de áudio e de produção fonográfica até sexta-feira (05/07). Os interessados devem acessar o formulário eletrônico bit.ly/SeleçãodeProjetosdeÁudioeProduçãoFonográfica e após a seleção poderão contar com o suporte do Polo de Música e Audiovisual Paulo José (rua Paraná, 70 – Centro) para desenvolverem suas obras.

Dos 22 projetos de áudio e de produção fonográfica, oito serão dedicados a “EP Autoral”, permitindo a gravação de três a seis faixas de repertório próprio ou de domínio público, com comprovação necessária pelo artista, além de 40 horas de estúdio, incluindo mixagem e masterização; cinco projetos de “Acessibilidade Literária” contemplarão a gravação de audiolivros, contos, crônicas e poemas autorais ou de domínio público, voltados para acessibilidade a deficientes visuais, com direito a até uma hora de estúdio por projeto.

As demais categorias contemplarão três trabalhos cada, sendo “EP Autoral Artista Mirim” para pessoas de 7 a 15 anos que desejam apresentar seu repertório autoral, incluindo gravação, mixagem e masterização de três faixas, com até 20 horas de estúdio; e “Álbum Autoral” e “Rap, Trap e Funk Autoral’ para gravação de repertório com três faixas em até 20 horas de estúdio, também incluindo mixagem e masterização de cada projeto.

Outras informações podem ser verificadas no edital por meio do link bit.ly/EditaldeCredenciamentoN05SMC2024 que esclarece os critérios de avaliação para a seleção dos vencedores que incluem o arranjo, as informações planejadas do projeto e a capacidade técnica da equipe envolvida, assim como a apresentação, a justificativa e o público-alvo.

Segundo o secretário José Luiz Spitti, a iniciativa busca fomentar a produção cultural local, oferecendo oportunidades para artistas e produtores desenvolverem seus projetos com o apoio técnico e infraestrutura necessários. “Queremos dar voz e espaço para os talentos da nossa cidade, incentivando a criação de conteúdos autorais e a inclusão de pessoas com deficiência visual por meio da acessibilidade literária”, afirmou o chefe da pasta.

Créditos das fotos: Mauricio Sordilli/Cultura Suzano e Luana Bergamini/Secop Suzano

Anúncios

Deixe uma resposta