5 de julho de 2024 A regularização fundiária dá segurança jurídica e aumenta o bem estar das famílias

Carminda e Joel Ferreira recebem a escritura do imóvel

Com a entrega de mais 33 títulos de propriedade a moradores dos núcleos Santa Maria II, no Serraria, e Andrade Barbosa, no Conceição, a gestão do prefeito José de Filippi Jr já realizou o sonho da casa própria a mais de quatro mil famílias.

A ação foi realizada na terça-feira (2) faz parte do programa Regulariza Diadema e contou com a presença do prefeito Filippi. “Nosso compromisso é promover a regularização de todos os lotes dos núcleos habitacionais, que é um direito das família”, comentou.

A secretária de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Patrícia Cavalcanti, disse que a tarefa de levar o título as os moradores dos núcleos é um trabalho muito grande. “Não depende apenas da Prefeitura”, explicou.

Ela comentou que as famílias aguardam há anos a conquista da matrícula do imóvel no nome delas, e que o programa só vai terminar quando todas estiverem contempladas. “Ter a casa de papel passado não é só uma dignidade para ela, mas uma segurança jurídica para a família”, afirmou.

O casal Joel e Carminda Ferreira, do núcleo Santa Maria, era só agradecimento ao receber o documento das mãos do prefeito. “Vivemos aqui há 50 anos e agora estamos seguros e não saímos mais. O título valoriza a gente, o imóvel e a nossa rua”. Seo Joel comentou que o prefeito merece todo o respeito porque faz muito para os moradores.

Adélia Macedo dos Santos mora no local há 39 anos, quando a rua só tinha barracos. “Nesse tempo foram muitas reuniões e várias idas até a Prefeitura, e hoje a luta está vencida, porque o imóvel fica desvalorizado sem o documento”.

Título é uma luta de muitos anos dos moradores
José Gomes da Silva, morador há 21 anos, também destacou que o título valoriza o imóvel e dá segurança. E Isabel Cristina Milcar, comentou que o documento muda tudo: “Agora a casa é minha, está no meu nome. Acabou aquele agonia de imaginar que um dia a gente poderia sair daqui”.

Também as famílias do núcleo Andrade Barbosa destacaram a questão da segurança jurídica. Adriano José da Silva, que mora há 30 anos: “O pessoal é unido, conseguimos a regularização e isso muda muita coisa, vamos ter mais segurança”.

O casal José Melo e Doninha Cândida, também residente há 30 anos, disseram: “Agora está muito bom, dá segurança e era uma luta de muitos anos. Agora podemos até vender”.

Suzana Cristina Pinheiro e Afonso do Nascimento, moradores há 42 anos, acompanharam todas as mudanças que o núcleo passou em decorrência da união dos moradores. “Teve muita reunião na Câmara e na Prefeitura. Para nós o título é importante, é uma garantira. Vamos ficar aqui a vida toda”.

Ana Lúcia dos Santos, no núcleo há 20 anos, disse que o título tem muito significado: “Não paramos durante todos esses anos, corremos atrás dessa documentação e agora é um prazer enorme ter a escritura nas mãos. Agradeço a todos os que estiveram envolvidos nessa conquista”.

Fotos: Dino Santos

source
Com informações da Prefeitura de Diadema

Anúncios

Deixe uma resposta