Escutar áudio do texto

Van Dogh, ninhada de oito cãezinhos e um cão idoso foram adotados. Muitos outros aguardam adoção no Abrigo Transitório do Município

A Secretária de Meio Ambiente e Zeladoria Urbana (SMAZU), em conjunto a Diretoria de Proteção Animal (DPA) de Jacareí, destaca as últimas adoções realizadas no fim do primeiro semestre de 2024. Trata-se de Van Dogh, uma ninhada de oito cãezinhos e um cão idoso que se encontrava no Abrigo Transitório da cidade.

Ainda neste mês de julho, a DPA anuncia em parceria com diversas ONGs da cidade, uma feira de adoção que acontecerá no sábado (13) das 9h às 13h no Pátio dos Trilhos (Praça Raul Chaves, 531 – Jardim Pereira do Amparo). A ação está prevista no calendário da DPA e tem o objetivo de diminuir a quantidade os animais resgatados.

“A adoção responsável é de extrema importância, para a sociedade, diminuindo o número de animais sem um lar e encher famílias de amor e afeto. Reforçamos ainda a importância de os tutores olharem para os pets com idade avançada e deficiência, que mais precisam de um lar”, lembra Romney Ferreira, diretor de Proteção Animal de Jacareí.

Van Dogh

Por meio de divulgações e incentivos da Prefeitura de Jacareí, muitos animais conseguiram um lar e vivem de forma saudável com seus novos tutores. Van Dogh, foi um dos animais que mudou de vida após sair das ruas. Resgatado no mês de maio, foi adotado por um casal que se emocionou com sua trajetória. Relembre a história aqui.

“Estou muito feliz, depois de tanta luta, finalmente o Van Dogh conseguiu um lar. Ele é um cãozinho tão dócil, merecia um lar e uma família que o ame, na mesma proporção que ele ama as pessoas”, comenta Romney Ferreira.

Éramos Oito

Após a divulgação feita pela Prefeitura de Jacareí, os dois filhotes de uma ninhada de oito, que sempre voltavam das feiras de adoções realizadas na cidade, finalmente encontraram um lar.

O primeiro foi adotado por uma família de São José dos Campos, que após marcar um horário com a DPA de Jacareí, fizeram uma entrevista de análise de perfil, e o levaram para sua nova casa. O segundo foi adotado por uma família de Jacareí com histórico de adoção responsável, e, assim, puderam dar um lar imediato a ele.

Cão mais idoso do abrigo foi adotado

Após divulgações por meio do Adote!, página mantida pela Prefeitura de Jacareí e que divulga os animais do Abrigo Transitório, Agreste, o cão mais velho do local conseguiu um lar. Ele possui uma idade estipulada de 18 anos e se encontrava no abrigo a pelo menos 13 anos.

Comovido com a matéria “Proteção Animal de Jacareí destaca benefícios na adoção de um cão adulto. Veja fotos e como adotaro adotante se encantou com Agreste, que mesmo com sua idade avançada, não hesitou em adotá-lo e dar a ele um fim de vida feliz.

Adote!

Assim como os casos acima, existem muitos outros cães a espera de um lar e uma família. Vale destacar que, além das feiras e eventos de adoção, é possível conhecer os pets de forma virtual, por meio do Adote!. Qualquer animal adotado pela página está em perfeitas condições clínicas, é castrado, microchipado, vermifugado e vacinado.

“A gente precisa que a adoção seja um processo constante, porque a cada animal que recebe um lar, um novo espaço é aberto. É um ciclo de amor. Se você não pode adotar, ajude divulgando a causa”, encerra Romney Ferreira.

Outra forma de encontrar os cães e gatos que estão aptos a serem adotados é acessando o Instagram Adote Jacareí, que conta com a colaboração das ONGs e entidades que oferecem abrigo aos pets resgatados e que esperam um novo lar.

O processo de adoção é simples, basta o interessado entrar em contato pelo Whatsapp (12) 991565949 da DPA, agendar um horário para conhecer o animal interessado e fazer uma entrevista, onde será analisado o perfil do adotante.

Ao adotar um animal de estimação, a diretoria reforça a conscientização na hora de tomar essa decisão, como, por exemplo, disponibilidade de espaço e recursos financeiros.

source
Com informações da Prefeitura de Jacarei

Anúncios

Deixe uma resposta