Publicado em: 03/07/2024 – Última modificação: 03/07/2024 – 14:00
[email protected]

Enfermeira de Itanhaém é convocada como voluntária no Rio Grande do Sul

SAÚDE – Michelly chegou em Canoas (RS), no último dia 30, onde assumiu a linha de frente de atendimento junto à FN-SUS em um Hospital de Campanha.


voluntaria rio grande sul

Uma enfermeira de Itanhaém foi convocada como voluntária para integrar a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FN-SUS), no auxílio da população afetada pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Enfermeira há 14 anos pela Prefeitura de Itanhaém, Michelly Francine Modos da Silva foi para Brasília na última sexta-feira (28), onde participou de uma cerimônia para sua convocação.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

Michelly, que recentemente assumiu o cargo de Responsável Técnica na USF Savoy, chegou em Canoas (RS) no último domingo (30), onde assumiu a linha de frente de atendimento junto à FN-SUS em um Hospital de Campanha. “Me sinto honrada por Deus em poder ajudar nessa situação, poder levar a saúde de Itanhaém até o Sul”, afirmou Michelly.

Em entrevista, a enfermeira relatou que não tinha conhecimento da convocação de voluntários pela Força Nacional do SUS e que só ficou sabendo pelo seu namorado. “Ele esteve no Rio Grande do Sul como voluntário também e ficou sabendo dessa força tarefa da saúde. Logo após, eu fiz minha inscrição”, relatou.

Nascida em Cornélio Procópio (PR), Michelly veio para Itanhaém em 2009, quando passou no concurso para enfermeira na Cidade. Indo para sua primeira missão como voluntária, a enfermeira afirma estar honrada com a oportunidade. “Essa é minha primeira missão para atendimento de vítimas em situação de calamidade. Pra mim está sendo uma honra poder fazer esse trabalho. Um privilégio meu enquanto ser humano e profissional, ir até essas pessoas que precisam de auxílio e poder contribuir para minimizar a dor delas”, afirmou a enfermeira.

FN-SUS – É um programa de cooperação voltado à execução de medidas de prevenção, assistência e repressão a situações epidemiológicas, de desastres ou de desassistência à população quando for esgotada a capacidade de resposta do estado ou município, criado em novembro de 2011. Convocada e coordenada pelo Ministério da Saúde, a Força Nacional do SUS está assumindo um papel essencial em meio à tragédia climática no Rio Grande do Sul, deslocando diversos voluntários no auxílio das vítimas das enchentes.


Palavras-chave: enfermeira, Força Nacional do Sistema Único de Saúde, Rio Grande do Sul, saúde, sus



source
Com informações da Prefeitura de Itanhaém

Anúncios

Deixe uma resposta