O governador Romeu Zema e o vice-governador Professor Mateus participaram, nesta segunda-feira (1/7), da cerimônia de posse do novo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o desembargador Luiz Carlos de Azevedo Corrêa Junior. O evento foi realizado no Palácio das Artes, em Belo Horizonte.

Luiz Carlos ficará à frente do tribunal durante o biênio 2024/2026. Ele é o 56° presidente da Corte, e sucederá o desembargador José Arthur Filho. Também estiveram presentes na cerimônia a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, representantes do legislativo estadual e federal e outras autoridades.

O governador destacou a atuação do TJMG no estado e desejou uma boa gestão ao novo presidente. “É uma satisfação estar aqui na posse do novo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o desembargador Corrêa Júnior. O Tribunal de Justiça tem se mostrado uma instituição extremamente responsável, democrática e com um ótimo relacionamento com o Poder Executivo. E tenho plena convicção de que esse trabalho que foi tão bem desenvolvido pelo desembargador José Arthur terá continuidade com o novo presidente”, disse o governador.

O vice-governador Professor Mateus destacou o trabalho já realizado pela Corte. “Gostaria de parabenizar o desembargador Corrêa Junior por sua posse como presidente do Tribunal de Justiça. Tenho certeza de que sua liderança trará grandes benefícios à nossa Justiça e à sociedade. E que dê continuidade ao trabalho do tribunal para promover um sistema judicial justo e eficiente”, afirmou o vice-governador.

O presidente Corrêa Junior destacou que o papel do Judiciário será continuar servindo ao povo mineiro. 

“Não vamos nos eximir do dever de julgar se formos chamados. E seguiremos atentos, mas também reconhecendo que a construção de solução consensual pelos fatos, na perseguição da conciliação. O Poder Judiciário estabelece relações harmônicas e consultivas com os Poderes Executivo e Legislativo. E elege o Ministério Público, a Defensoria Pública, as procuradorias, a Ordem dos Advogados do Brasil e a academia na construção das políticas judiciais”, reforçou

Também tomaram posse o desembargador Marcos Lincoln dos Santos, como primeiro vice-presidente; o desembargador Saulo Versiani Penna, como segundo vice-presidente; o desembargador Rogério Medeiros Garcia de Lima, como terceiro vice-presidente; o desembargador Estevão Lucchesi de Carvalho, como corregedor-geral de Justiça; e a desembargadora Kárin Liliane de Lima Emmerich e Mendonça como vice-corregedora-geral de Justiça. 

Desembargador Corrêa Junior

O novo presidente do colegiado é natural do Rio de Janeiro, formado em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) em 1987. Foi promotor de Justiça do Estado de Minas Gerais de 1988 a 1992, atuando nas comarcas de Conceição do Rio Verde e Aiuruoca. 

Aprovado em concurso, ingressou na magistratura mineira em abril de 1992, atuando nas comarcas de Varginha, Pedra Azul, Itamonte, Açucena, Teófilo Otoni, Três Pontas e Lavras. 

Em 2002 foi promovido, por merecimento, para a Comarca de Belo Horizonte, atuando na Justiça Eleitoral, na Coordenação do Juizado Especial das Relações de Consumo, na 25ª Vara Cível, na 4ª Vara de Feitos Tributários do Estado e na Corregedoria, como juiz auxiliar e diretor do Foro de Belo Horizonte. 

Em 2012, também por merecimento, foi promovido para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça, atuando como presidente da 6ª Câmara Cível. No biênio 2014/2016 foi superintendente administrativo adjunto do TJMG. Entre 2022/2024 foi corregedor-geral de Justiça. 

source
Com informações da Agência Minas

Anúncios

Deixe uma resposta