O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria Executiva da Pesca, fez a distribuição de 100 mil alevinos das espécies tilápia, tambaqui e carpa, nessa quinta-feira (4), na sede da Colônia de Pescadores -51, no município de Condado, localizado no Sertão paraibano. A iniciativa tem o objetivo de promover o repovoamento de peixes nos principais açudes públicos e fortalecer a pesca artesanal no estado, bem como gerar renda para os trabalhadores do setor.

Na oportunidade, a secretária executiva da Pesca no Estado, Silvia da Pesca, destacou que a reposição dos estoques pesqueiros tem sido uma das prioridades da gestão do governador João Azevêdo, pois aumenta a produção extrativista, gera alimento de alto valor nutritivo para a população, além de possibilitar a geração de renda e oportunidades de trabalho para todos da região. “Essa ação melhora a vida de muitos trabalhadores que vivem da pesca e da população em geral, que não é contabilizada, mas que também se alimenta desses pescados”, destacou a secretária, lembrando que em seis meses os alevinos já serão peixes adultos, prontos para a pesca.

A Colônia de Pescadores Engenheiro Arco Verde Z-51 reúne 348 filiados, dos quais 60 são mulheres. Todos moradores dos municípios de Condado, São Bentinho, Pombal, Malta e Paulista. Para a pescadora Cláudia Araújo Ferreira, do Sítio Timbaúba, que é uma das 60 mulheres filiadas à entidade, a ação do Governo do Estado foi muito importante. “Vivo da pesca artesanal desde criança, sustento minha família com esse trabalho que amo e agradeço ao Governo do Estado pelo trabalho e espero poder contar ainda mais com o apoio”, disse Cláudia Araújo, acrescentando que deseja que o Governo possa também levar cursos de capacitação na área de beneficiamento de pescado para os trabalhadores.

source
Com informações do Governo do Estado de Paraíba

Anúncios

Deixe uma resposta