Único município brasileiro participante do evento para prefeitos do Programa City Data Alliance (CDA), realizado na semana passada (27 e 28/6), nos Estados Unidos, Mogi das Cruzes apresentou a outras cidades de toda a América as iniciativas inovadoras e inspiradoras que estão revolucionando a maneira como a gestão pública vem trabalhando com a elaboração e a implementação da Estratégia de Dados.

No evento internacional, o prefeito Caio Cunha palestrou sobre as lições aprendidas na elaboração e implementação da Estratégia de Dados, por meio da Secretaria de Transparência e Dados Abertos, implantada em 2022.

O Chefe do Executivo mogiano foi convidado pela Bloomberg Philanthropies e pelo Bloomberg Center for Government Excellence, da Universidade Johns Hopkins, com todas as despesas pagas pela entidade filantrópica. Caio Cunha celebrou a participação, que novamente colocou Mogi das Cruzes em destaque entre os municípios da América.

“Pela primeira vez na história de Mogi das Cruzes, a população tem fácil acesso aos dados da Administração Pública, é uma honra ser o único prefeito do Brasil convidado para compartilhar experiências, pois isso reforça a excelência das ferramentas que implantamos em benefício dos mogianos e das mogianas. Avancamos muito na modernização da gestão do município, entregando ferramentas modernas para população e também aumentamos a transparência, fazendo com que Mogi seja referência internacional em transparência e não mais em corrupção”, disse.

Durante a apresentação, o prefeito detalhou iniciativas, como a padronização dos CEPs que contribuiu para que toda a população solicite os serviços – e do outro lado, a Prefeitura consegue localizar o endereço com precisão.

E ainda, como o banco de dados integrado estabeleceu padrões de qualidade, permitindo o planejamento de políticas públicas por meio da integração de informações de diversos departamentos, como educação, saúde, assistência social e transporte.

O secretário de Transparência e Dados Abertos, Marcos Torres, acompanhou o prefeito e lembrou alguns projetos que envolveram a população na transformação do modelo de gestão. “Junto com a implantação da Secretaria de Transparência e Dados Abertos, aproximamos a população da administração por meio do Programa Participa Mogi, rodas de conversas nos bairros, Pano de Governo Aberto, entre outras iniciativas. Dessa forma, estamos ajudando a desmistificar os dados e torná-los acessíveis a todos”.

Outros prêmios

Neste ano, Mogi das Cruzes foi premiada com o Selo CSC GovTech, que identifica boas práticas de governança de ecossistemas municipais de inovação. A cidade também foi uma das cinco do País contempladas pelo Fundo de Ação Climática para Jovens, programa da Bloomberg Philanthropies, e que fornecerá assistência técnica e financiamento para projetos com foco em soluções climáticas e que sejam desenvolvidos por jovens com idade entre 15 e 24 anos.

Em junho de 2023, a Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Transparência e Dados Abertos, recebeu a certificação internacional What Works Cities, que foi anunciada diretamente de Nova York, no portal da Bloomberg Philanthropies. Mogi é uma das sete cidades a obter a certificação e uma das duas do Brasil a ser reconhecida pelo bom gerenciamento de dados, para tomar decisões políticas, distribuir recursos entre as secretarias e melhorar os serviços oferecidos à população.

Já em 2022, Mogi das Cruzes obteve o nível ouro no Programa Nacional de Transparência Pública, uma iniciativa que promove ações voltadas à ampliação da transparência das informações do poder público. A cidade ficou à frente de entidades estaduais como a Defensoria Pública, o Tribunal de Contas e o Tribunal de Justiça, além do Governo e da Assembleia Legislativa paulistas. O índice mogiano de transparência foi de 86,62%, o que significa que o município atende 100% dos critérios essenciais e apresenta nível de transparência entre 85% e 94%.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação | Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios

Deixe uma resposta