Mortes no trânsito em locais críticos têm redução significativa em Pinda

Outubro de 2020. Em três semanas, nesta época do ano, o Anel Viário em Pindamonhangaba foi palco de dois grandes acidentes envolvendo motociclistas que perderam a vida.

Dia 2 de outubro um jovem motociclista de 20 anos, soldado do Exército, perdeu a vida próximo ao Anel Viário e no dia 24 do mesmo mês, um jovem de 25 anos, foi vítima fatal com sua motocicleta próximo à rotatória do Tenda.

Para reduzir esse triste cenário, desde então, a Prefeitura de Pindamonhangaba realizou investimentos com instalação de semáforos e radar de fiscalização eletrônica em pontos críticos como Anel Viário e Av. José Adhemar César Ribeiro, reduzindo a quase zero o número de mortes nesses trechos críticos. “Nos últimos 10 anos somente nesses dois pontos críticos foram mais de 10 mortes com vítimas de acidentes de trânsito e nos últimos dois anos, nesses pontos, praticamente não tivemos registros de óbito”, afirmou o secretário adjunto de Segurança, José França Vidal.

Para dar mais qualidade na segurança no trânsito, a Prefeitura promoveu diversas ações para a redução de acidentes de trânsito e de vítimas fatais.

IMG-20240705-WA0029

Principais Ações Realizadas

– Implantação de novos semáforos para disciplinar tráfego em cruzamentos apontados com incidência de acidentes

– Implantação de novo sistema para operação em 41 cruzamentos semafóricos com mais agilidade na manutenção e novo controlador digital de tempo 

– Renovação da frota do Departamento de Trânsito com aquisição de novos caminhões com plataforma aérea para melhorias na sinalização de trânsito vertical e horizontal.

– Investimentos nas ações de conscientizção com oficialização do Eduseg (programa integrado da Secretaria) para alunos da rede municipal visando conscientizar sobre segurança de maneira ampla.

– Investimentos em tecnologia e aquisição de equipamentos modernos com auto de infração digital, novos uniformes e fardas, EPIs e radiocomunicadores

– Implantação de um moderno de Centro de Controle de Trânsito (CCT) com call center para facilitar acesso através do 3648-4813 e 3648-4339 (segunda a sexta-feira, expediente comercial)


IMG-20240705-WA0031

Aumento da frota automobilística

O reflexo do crescimento acelerado de Pindamonhangaba também é sentido nas ações de mobilidade e exige ações rápidas dos gestores. Nos últimos 5 anos a frota automobilística cresceu 10% e hoje Pindamonhangaba conta com cerca de 108 mil veículos cadastrados com placas da cidade. “Nesses casos, torna-se necessária aplicar ‘remédio amargo’ como radares e semáforos, sempre com objetivo de preservar vida e disciplinar os motoristas para que respeitem as regras de trânsito”, afirmou o secretário.

Ano Veículos cadastrados

2020 98.307 

2021 101.344

2022 103.621

2023 106.469

2024 107.258 (até maio)

 

Via Dutra e Pedágio exigem ações

Pindamonhangaba é cortada numa extensão de 17 quilômetros pela rodovia mais movimentada do Brasil, a Rodovia Presidente Dutra, com a presença de uma praça de pedágio que impacta diretamente na mobilidade urbana e no trânsito interno do município.

Para brecar a invasão de caminhões e veículos de outras cidades, além do pedágio eletrônico o município conta com os pontos de fiscalização no Sistema de Controle e Gestão dos Transportes de Cargas, sendo necessário a regularização através da Autorização Especial para o Trânsito de Caminhões (AETC). Nesses pontos são aplicados diariamente multa por descumprimento da regra de trânsito para veículos de fora da cidade.

Em média, mais de 100 mil veículos acessam diariamente todas as entradas oficiais do município, que são gerenciadas pelo CCT através de 14 pontos de monitoramento, dos quais 24 mil são passagens pela Estrada do Atanázio, grande parte oriunda da evasão de pedágio. Outras 18 mil passagens são registradas no ponto de controle da rua Suíça (Carangola) e outras 15 mil no ponto de controle do Anel Viário (Castolira).

“Transmite-se uma falsa impressão de que Pinda tem indústria de multa e isso não é verdade. Somente nestes pontos onde passam veículo de fora a media de passagem por mês de veículos é de mais de 1,5 milhão. Em 2023 realizamos mais de 200 mil autuações nesses pontos, sendo que 69% foram para veículos de outros municípios. Por isso não procede informação de que Pinda multa mais que Taubaté”, explicou França.

 IMG-20240705-WA0028

Radares disciplinam motoristas e multas diminuem em 2024

No comparativo com o ano passado, quando os primeiros radares foram instalados o número de multas reduziu drasticamente no comparativo entre o primeiro semestre dos dois anos.

“Os motoristas conscientizaram-se da importância de respeitar o limite de velocidade e a aplicação de multa teve uma redução drástica bem como o número de acidentes e mortes nestes pontos críticos. Outro ponto positivo está sendo o forte controle que estamos aplicando para coibir a invasão de veículos da Dutra, preservando nosso pavimento e trazendo mais segurança para nosso trânsito ”, afirmou França.

 

As quatros multas mais aplicadas em Pinda

Comparativo 1º semestre 2023 x 1ºsemestre 2024:

 

Evasão de Pedágio – Estrada do Atanázio

R$ 2,6 milhões x R$ 1,1 milhão

Controle de Carga – Caminhões SP62 e Anel Viário

R$ 1,1 milhão x R$ 234 mil

Excesso de Velocidade

R$ 9,6 milhões x R$ 1 milhão

Avanço Sinal Vermelho

R$ 601 mil x 107 mil

 

“Estamos conseguindo reduzir a invasão de veículos que fogem da Via Dutra e disciplinar nossos motoristas. Toda arrecadação com multa foi aplicada nas melhorias do próprio trânsito com aquisições de equipamentos e campanhas de conscientização”, destacou França.







source
Com informações da Prefeitura de Pindamonhangaba

Anúncios

Deixe uma resposta