O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF) anunciou, nessa quarta-feira (3), a implementação de novos equipamentos e tecnologias que vão transformar o controle da cadeia de suprimentos da instituição, reduzindo desperdícios e garantindo maior segurança medicamentosa. Durante dois dias de evento, os farmacêuticos hospitalares do IgesDF serão capacitados para atuar com segurança nos novos processos e fluxos. 

WhatsApp Image 2024 07 03 at 13.35.24 scaled

Superintendente de Administração e Logística do IgesDF, Bárbara Santos falou sobre as novas tecnologias e o impacto que elas terão nas unidades hospitalares | Fotos: Davidyson Damasceno/ IgesDF

O evento, organizado pela Superintendência de Administração e Logística com o apoio da presidência do IgesDF, ocorre no auditório do Conselho Regional de Farmácia (CRF), com a presença de farmacêuticos de todas as unidades geridas pelo Instituto, incluindo o Hospital de Base (HBDF), Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), Hospital Cidade do Sol (HCSol) e unidades de pronto atendimento (Upas). Mais de 90 profissionais se inscreveram, representando uma adesão de mais de 95% do setor. 

O diretor-presidente do IgesDF, Juracy Cavalcante Lacerda, destacou os novos projetos que o IgesDF vem implementando em sua gestão, pautados na governança clínica, e falou sobre a importância de trazer o olhar da rede privada para a saúde pública do DF. “O controle de desperdícios na farmácia trará mudanças significativas e economias que poderão ser revertidas para a gestão de pessoas”, afirmou. 

O controle de desperdícios na farmácia trará mudanças significativas e economias que poderão ser revertidas para a gestão de pessoas

Juracy Cavalcante Lacerda, diretor-presidente do IgesDF

Lacerda ressaltou ainda a importância de os profissionais compreenderem e acompanharem as mudanças em desenvolvimento. “Virão inúmeros projetos, modernização no parque tecnológico, para trazer melhorias para vocês. Me coloco à disposição e conto com o apoio de vocês,  lideranças, para que possamos trazer qualidade e segurança aos nossos usuários”, finalizou.

 Tecnologia

Entre as novidades, destaca-se a utilização de máquinas de unitarização de medicamentos, que levarão agilidade e segurança no processo de dispensação de medicamentos por dose unitária. “São máquinas inovadoras com redução de trabalho manual, permitindo que vocês possam focar em novos projetos e melhorias. Comprimidos e ampolas já saem individualizados, com código de barras e rastreamento”, explicou a superintendente de Administração e Logística do IgesDF,Bárbara Santos.

As máquinas serão distribuídas entre as unidades da Ucad (Unidade de Administração e Distribuição), que enviará os medicamentos para as UPAs e o Hospital Cidade do Sol. Já no Hospital de Base e no Hospital Regional de Santa Maria, os equipamentos serão instalados diretamente.

WhatsApp Image 2024 07 03 at 12.26.05 scaled

Mais de 90 farmacêuticos hospitalares do IgesDF estão sendo capacitados para atuar com segurança nos novos processos e fluxos

Além disso, Bárbara anunciou o uso de robôs para a dispensação de medicamentos, com os testes iniciando no Hospital de Base. “Começaremos no HBDF e ampliaremos para outras unidades. O robô sairá da farmácia para realizar entrega do medicamento conforme prescrição médica ao posto de enfermagem, com todo um mapeamento para envio, integrado com elevadores, rastreabilidade e uso de senhas para a retirada do medicamento”, explicou. 

Outra tecnologia mencionada foi o dispensário eletrônico, que faz o controle unitário dos produtos conforme a prescrição médica. “É parecido com um armário grande e seguro, controlado por biometria, que garante rastreabilidade, segurança e transparência para gestores hospitalares e pacientes, com total integração de informações via software”, disse Bárbara.

Serão implementados também o uso de inteligência artificial e palmtop (coletor de dados), que otimizarão a dispensação de todas as farmácias do instituto com eficiência operacional. 

Além das novidades, os participantes tiveram a oportunidade de se atualizar sobre processos já em andamento no IgesDF, como a rastreabilidade de medicamentos e a verticalização do centro de distribuição, podendo tirar dúvidas e participar ativamente das discussões.

*Com informações do IgesDF

source
Com informações da Agência Brasilia

Anúncios

Deixe uma resposta