A Organização Mundial da Saúde, OMS, divulgou suas primeiras diretrizes para o tratamento de adultos que querem parar de fumar. As recomendações incluem intervenções como suporte comportamental oferecido por profissionais de saúde, intervenções digitais e tratamentos farmacológicos.

As diretrizes se concentram em apoiar os mais de 750 milhões de usuários que desejam abandonar o uso do tabaco em todas as suas formas, como cigarros, narguilé, produtos de tabaco sem fumaça, charutos, produtos de tabaco aquecido, entre outros.

Muitos países têm visto níveis alarmantes de uso de cigarros eletrônicos entre adolescentes

Muitos países têm visto níveis alarmantes de uso de cigarros eletrônicos entre adolescentes

Parar de fumar

O diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus avalia que as diretrizes representam um marco importante na luta global contra os produtos, equipando os países com ferramentas para ajudar efetivamente as pessoas a parar de fumar e aliviar a carga de doenças relacionadas ao tabaco.

Mais de 60% dos 1,25 bilhão de usuários de tabaco no mundo desejam parar, mas 70% não têm acesso a serviços eficazes devido a lacunas nos sistemas de saúde e limitações de recursos.

O diretor de Promoção da Saúde da OMS, Rüdiger Krech, afirmou que é preciso reconhecer o enorme esforço necessário para deixar de fumar. Com essas diretrizes, a OMS quer ajudar comunidades e setor público a oferecer apoio e atendimento às pessoas que decidiram abandonar esse vício.

Tratamentos eficazes para parar de fumar

A combinação de tratamento farmacológico com intervenções comportamentais contribui para aumentar significativamente as taxas de sucesso no abandono do uso do tabaco. Os países de baixa e média renda são incentivados a fornecer esses tratamentos a baixo custo ou gratuitamente para melhorar a acessibilidade.

A OMS recomenda a vareniclina, a terapia de substituição de nicotina, a bupropiona e a citisina como tratamentos eficazes para parar de fumar.

Em 2023, a OMS lançou um processo de pré-qualificação de medicamentos para transtornos relacionados ao uso do tabaco para melhorar o acesso global às terapias recomendadas.

Em abril de 2024, pré-qualificou os dois primeiros medicamentos para terapia de reposição de nicotina: a goma de nicotina e o adesivo de nicotina da Kenvue.

O estudo, assinado pelas três entidades, revela que fumantes têm 5,5 vezes mais chances de desenvolver degeneração macular.

O estudo, assinado pelas três entidades, revela que fumantes têm 5,5 vezes mais chances de desenvolver degeneração macular.

Intervenções

A OMS recomenda intervenções comportamentais, incluindo aconselhamento breve por profissionais. As sessões que duram entre 30 segundos a três minutos são oferecidas rotineiramente em ambientes de saúde, juntamente com suporte comportamental mais intensivo  na forma de aconselhamento individual, em grupo ou por telefone para usuários interessados.

Além disso, intervenções digitais, como mensagens de texto, aplicativos para smartphones e programas na internet, e outros recursos que envolvam a participação ativa dos usuários podem ser usados como ferramentas auxiliares.

A OMS incentiva os profissionais de saúde, os formuladores de políticas e as partes interessadas a incorporar e implementar essas diretrizes para promover a cessação do tabagismo e melhorar a saúde de milhões de pessoas em todo o mundo.

source
Com informações da ONU

Anúncios

Deixe uma resposta