Um evento de inauguração marcou oficialmente a entrega à comunidade de um espaço totalmente transformado em um grande canteiro de hortas, dando vida a um local onde por décadas só se viam os canos de oleodutos (que dão nome àquela rua)  pertencentes à uma empresa ligada à área industrial. A ação é parte do programa Faixa Produtiva, que promove inclusão e sustentabilidade ao realizar hortas na faixa de dutos que cortam o bairro Pinheiro do Miranda. Uma iniciativa da empresa Transpetro, feita em parceria com a Prefeitura de Cubatão, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

O ato foi realizado nesta quinta-feira (4) e contou com a presença do Prefeito Ademário Oliveira, secretários municipais, representantes do poder Legislativo, da empresa e demais parceiros envolvidos no Projeto. O presidente da Sociedade de Melhoramento do bairro, Antonio Pedro, em nome da comunidade, deixou o registro de suas impressões e vários agradecimentos, além da Transpetro e da Prefeitura, às empresas e segmentos que fizeram parte do projeto, entre as quais a Ecovias e o CDHU. De acordo com a Semam, o novo espaço passa a ter 30 canteiros de hortas, sendo 6 deles suspensos, apropriados para PCDs, contemplando acessibilidade, segurança e qualidade alimentar, geração emprego e renda para 16 pessoas que vão atuar no local. Duas turmas de alunos da UME Alagoas, que  fica no bairro, prestigiaram a inauguração.

“Muito importante essa realização e o que deixa a gente mais feliz ainda é ver que se trata de uma horta sustentável, tanto do ponto de vista ambiental quanto na questão do emprego e renda, tendo a comunidade local como ponto forte do projeto, que vai resultar em qualidade de vida e segurança alimentar. De fato, foi uma parceria muito assertiva, o que denota uma sensibilidade na decisão conjunta de transformar uma que não é da prefeitura em algo que vai beneficiar os próprios moradores do bairro. Ou seja, um projeto que valoriza principalmente a inclusão social, ressaltou o Prefeito.

Transformação  – “Um projeto pensado e delineado com objetivo principal de revitalizar trechos das faixas de dutos, transformando-os em espaços produtivos e sustentáveis, que promovem a produção de alimentos, segurança alimentar, equilíbrio ambiental e o desenvolvimento socioeconômico”, ressaltou Roberto Costa, gerente de faixa de dutos da Transpetro (SP), ao afirmar que neste sentido essa horta comunitária fica  marcada como a primeira em nível regional feito pela empresa.

“Isso aqui nasceu da união da empresa com os parceiros envolvidos, incluindo a prefeitura e  sua equipe, a quem agradeço imensamente pelo empenho em tornar possível a entrega deste projeto em Cubatão. Sem dúvida, é uma ação de transformação. Espero que a essa concretização fortaleça ainda mais a rede de apoio em prol dessa comunidade, pois foi tudo pensado e feito com muito carinho”, resumiu o gerente.

Sustentabilidade – O titular da Semam, Halan Clemente, também destacou o apoio da Administração quanto às relevantes parcerias realizadas e lembrou da importância da orientação técnica do engenheiro agrônomo Marcelo Kazuo Onuki, vice-presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema), em relação ao tipo de plantio e manejo adequado como parte da capacitação do pessoal que vai trabalhar  no novo espaço. “A partir de agora, é com a comunidade, que estará representada bem representada pelos agricultores, todos dessa localidade.  Essa horta comunitária vai trazer benefícios significativos, pois irá proporcionar às famílias envolvidas uma alimentação mais saudável e segura, que vai refletir na melhor qualidade de vida delas, sem contar a geração de renda. Sem contar a mudança total de cenário em que o próprio meio ambiente agradece, pois haverá até coleta de água das chuvas, que será aproveitada aqui”, destaca o secretário.

 

Texto e fotos: Ismael Pereira/Secom Cubatão

 

Texto e fotos: Ismael Pereira/Secom Cubatão

 

source
Com informações da Prefeitura de Cubatão

Anúncios

Deixe uma resposta