Julio Cesar da Costa Santos, Vailson Teles de Souza e Leonardo Raimundo da Silva são suspeitos de torturar e espancar o jovem Leonardo Geraldo da Silva — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu três suspeitos de torturar e espancar um jovem de 20 anos em São Vicente, no litoral de São Paulo. O corpo da vítima foi localizado em um cortiço, com as mãos amarradas para trás, uma corda no pescoço e diversos ferimentos pelo corpo. O anúncio foi feito durante uma entrevista coletiva, no Palácio da Polícia, na tarde desta quinta-feira (11).

Julio Cesar da Costa Santos, de 26 anos, foi preso no último dia 28 de março. Ele estava em uma casa no bairro José Menino, em Santos, quando foi surpreendido pelos policiais – que chegaram até o local após denúncia anônima e conseguiram surpreender o suspeito, que não ofereceu resistência e acabou sendo detido.

Os outros dois criminosos, Vailson Teles de Souza, de 27 anos, e Leonardo Raimundo da Silva, de 19 anos, também acabaram sendo detidos. Os três foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente, onde cumprem mandado de prisão preventiva pela morte do jovem Leonardo Silva.

O corpo da vítima foi encontrado em um cortiço no bairro Parque São Vicente. Segundo o delegado de polícia titular da Delegacia Antissequestro de Santos (DEAS) Renato Antonio Mazagão Junior, as agressões começaram após discussão em um bar.

De acordo com informações da polícia, o jovem seria simpatizante de uma facção criminosa diferente do trio. Ele foi dominado e conduzido ao imóvel, onde foi agredido e torturado até não resistir e acabar morrendo.

Deixe uma resposta