Alunos do curso de Jardinagem revitalizam monumento de Zumbi dos Palmares

Trabalho fez parte da conclusão da capacitação e homenageou o líder dos Quilombolas em alusão ao Dia da Consciência Negra (20/11)

Alunos do curso de Jardinagem do Viveiro Municipal Tomoe Uemura concluíram nesta terça-feira (05/11) a revitalização da área do monumento Zumbi dos Palmares, localizado em frente ao pavilhão de mesmo nome, no Parque Municipal Max Feffer. O serviço levou 16 horas e fez parte do trabalho de conclusão da capacitação, de 15 de outubro (terça-feira) a 7 de novembro (quinta-feira), com carga total de 32 horas.

 

A proposta envolvia a revitalização do jardim do entorno do monumento e a pintura completa do local. “A ideia surgiu como homenagem à luta do Zumbi dos Palmares, pelo seu legado de resistência, aproveitando também o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro (quarta-feira)”, ressaltou o diretor de Praças, Parques e Jardins, Márcio Alexandre de Souza. 

É importante ressaltar que o jardim do monumento Zumbi dos Palmares foi implantado pela administração municipal em fevereiro de 2018 como forma de valorizar um importante local para a história e a cultura no Parque Max Feffer. O trabalho de paisagismo foi realizado em volta do monumento já existente em homenagem ao líder dos Quilombolas, inaugurado há 11 anos. Na ocasião, também foi construído um caminho para que as pessoas possam interagir com o local e sigam até a escultura e a placa que prestam tributo a esse icônico personagem da história do Brasil.


Esta foi a segunda edição do curso de Jardinagem, realizado em parceria com o Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), com a participação de 12 alunos. As aulas ocorreram às terças e quintas-feiras. “Ficamos muito felizes com a grande adesão nas capacitações. Em 2020 teremos mais edições de cursos, oficinas e workshops que venham a preparar os moradores para a criação de renda própria ou até mesmo uma recolocação no mercado de trabalho”, disse a dirigente do Saspe e primeira-dama, Larissa Ashiuchi.

 

 

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

Deixe uma resposta