Anvisa participou nesta quarta-feira (29/1), em Brasília, de reunião da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero) para alinhar ações preventivas. — Foto: Divulgação/Anvisa

Equipamentos devem ser utilizados apenas por funcionários que tiverem tido contato com casos suspeitos. Segundo a Agência, produtos já foram enviados ao cais santista.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) está reforçando o estoque de equipamentos de proteção individual (EPIs) destinados aos servidores que atuam no Porto de Santos, no litoral de São Paulo. A medida foi tomada em portos e aeroportos de todo o Brasil em razão da mudança do nível de risco do novo coronavírus (nCoV) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a Anvisa, os equipamentos vão complementar o estoque de material que já está disponível nos postos no país. Dentre esses materiais, estão máscaras N95, óculos de proteção, luvas descartáveis, aventais descartáveis e máscaras cirúrgicas. Além disso, estoques dos equipamentos de proteção que já existem serão redistribuídos para que todos os pontos de entrada tenham materiais suficientes.

A Anvisa enviará, ainda, um ofício para a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) com a especificação dos equipamentos de proteção necessários, caso as agências queiram adquirir esses itens para o uso de seus servidores na atuação em portos e aeroportos.

Nesta quarta-feira (29), a Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero) realizou uma reunião em Brasília (DF) para esclarecer as ações preventivas que devem ser adotadas em relação ao coronavírus (nCoV).

A coordenadora de Infraestrutura e Meio de Transporte em Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados da Anvisa, Viviane Vilela, enfatizou que todos os órgãos e empresas deverão disponibilizar equipamentos de proteção individual (EPIs) para servidores e funcionários. Eles devem ser utilizados por funcionários que tiverem tido

Deixe uma resposta