Câmara de Itaquá assina convênio inédito com a USP para acabar com funcionários fantasmas e outros vícios do legislativo

0
692

Professores e alunos da universidade trabalharão durante oito meses para levantar necessidades e soluções para melhorar os serviços legislativos

O presidente da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba, o vereador Edson Rodrigues (Podemos), o Edson da Paiol, assinou hoje (27/01) um convênio com a Universidade de São Paulo (USP) para realizar a reestruturação da Casa de Leis. Nos próximos meses, professores e alunos da universidade farão vistorias, reuniões, levantamentos e estudos para melhorar os departamentos e os serviços legislativos. O projeto é inédito na região e tem como objetivo melhorar o atendimento à população.

Durante reunião realizada com o coordenador do projeto “USP Contratada”, o professor e doutor Raul Miguel Freitas de Oliveira, o termo de convênio foi assinado e os primeiros procedimentos detalhados. A diretora Cleunice Vieira de Almeida, o procurador Yuri Ramon de Araújo, e o contador Márcio Rodrigues Monteiro, todos funcionários da Câmara, participaram da reunião.

O prazo para os serviços do grupo da USP é de oito meses e a meta é sanar problemas e organizar sistemas de trabalho, como funções de departamentos, cargos, melhores condições e organização. “Vamos fazer reuniões, visitas e a cada procedimento a Câmara responde se está de acordo, antes de seguirmos em frente”, explicou o professor.

O convênio com esta renomada universidade vem trazer qualidade para os serviços legislativos e ajudar na reestruturação da Câmara. É algo inédito na região e uma parceria que vai melhorar muito a estrutura e trabalho do Poder Legislativo”, concluiu o presidente Edson da Paiol.

O cidadão de Itaquaquecetuba João Silva, disse a nossa equipe de reportagem ter esperança que desta vez o controle de pontos não seja mais só para os funcionários efetivos, mas também para os comissionados e fantasmas.

 

Deixar uma resposta