O corpo de uma mulher de 34 anos foi encontrado enterrado em um terreno descampado na Vila Prado, em Pindamonhangaba (SP), na tarde desta sexta-feira (19). A vítima, encontrada com ferimentos na cabeça e uma corda amarrada no pescoço, estava desparecida desde a última terça (16). O caso será investigado.

A polícia chegou até o local após apreender um adolescente de 17 anos que portava drogas no Parque São Domingos.

Na delegacia, durante o depoimento, um dos policiais percebeu que ele tinha uma tatuagem semelhante a que testemunhas relataram que tinha o homem visto pela última vez com a mulher desaparecida.

Ao ser questionado sobre o sumiço, o adolescente disse à polícia que a mulher tinha sido assassinada e indicou o local onde o corpo estava enterrado. Ele negou a autoria do crime e falou que ficou sabendo da morte dela em um ponto de tráfico de drogas.

A polícia foi até o terreno indicado e encontrou o corpo enterrado, já em estágio de decomposição. A vítima foi encaminhada para o IML de Taubaté e passará por exames para que a causa da morte seja identificada. A autoria e motivação também são apurados. O adolescente ficou apreendido.

Deixe uma resposta