Desenvolvimento Econômico planeja gestão com políticas de impacto social

0
55

Reuniões com departamentos da pasta e entidades têm como objetivo traçar as próximas ações, focadas principalmente na população mais vulnerável

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego se reuniu nesta semana com os diferentes departamentos da pasta e com entidades parceiras para traçar novas ações para Suzano nos próximos quatro anos. O planejamento prevê uma gestão focada em políticas de impacto social, a fim de atender aos anseios dos setores e da população vulnerável mais atingida pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com o chefe da pasta, André Loducca, a secretaria segue premissas do desenvolvimento, baseado não apenas no crescimento econômico, mas também no respeito ao meio ambiente e principalmente na qualidade de vida das pessoas. “Mais do que nunca, estamos focados em políticas de impacto social. A crise intensificada pelos reflexos econômicos deixados pela pandemia evidenciou o abismo social. Todos nós enfrentamos um momento difícil, mas a população mais vulnerável é a que mais sofre. Por isso, ao nos dedicarmos às necessidades desse grupo, trabalhamos pelo desenvolvimento de todos os demais”, explicou.

Nesse intuito, a secretaria vem realizando uma série de encontros remotos com seus departamentos, passando pela agricultura familiar; feiras livres e de nicho; indústria e comércio; e turismo e artesanato. Além disso, a questão social também é trabalhada com instituições e pastas parceiras, como entidades de classe; o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); o Fundo Social de Solidariedade; o Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe); e as Secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social, de Educação e de Meio Ambiente.

“Um dos eixos que sustentam o desenvolvimento econômico é a inclusão produtiva. Isso significa que, por meio dessas parcerias, articulamos ações e programas que favoreçam a inserção de trabalhadores no mercado de trabalho e na geração de renda, seja por meio do emprego formal, do empreendedorismo ou de atividades da economia solidária”, explicou Loducca.

Inclusive, uma dessas parcerias será a viabilização de novas capacitações gratuitas e ações de incentivo do Programa Empreenda Rápido, realizado pelo Sebrae. As primeiras turmas deste ano devem ter início ainda em janeiro, com inscrições abertas pelo telefone (11) 4747-5189. Em breve, outros cursos e atividades ministradas pelo Saspe também deverão contar com o auxílio do Sebrae, reforçando a importância da gestão no sucesso dos negócios. 

“Acredito que 2021 será um ano promissor, com projetos estratégicos de incentivo à economia e à geração de renda, além de ações voltadas para a melhoria da competitividade em segmentos prioritários, como o comércio varejista, serviços, indústrias, produtores rurais, feirantes, turismo e profissionais de beleza. Queremos orientar sobre capacitação, acesso a mercado, inovação e tantas outras áreas que, certamente, farão a diferença neste período de retomada gradual da economia”, finalizou.

Empreenda Rápido

O Sebrae, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, inicia na próxima segunda-feira (18/01) o curso “Organize seu Negócio”, voltado a microempreendedores individuais (MEIs). Ao todo, 30 vagas serão colocadas à disposição para duas turmas de 15 participantes, das 8 horas às 12h30 ou das 13 às 17 horas. Os encontros devem ocorrer presencialmente, respeitando todas as orientações e normas sanitárias vigentes, na sala de treinamento do Centro Unificado de Serviços (Centrus), localizado na avenida Paulo Portela, 210, com duração de uma semana. O encerramento está previsto para sexta-feira (22/01). Os interessados devem se cadastrar pelo telefone (11) 4747-5189.

Créditos das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano e Wanderley Costa/Secop Suzano

Deixar uma resposta