Até o momento, 23,5 mil pessoas com mais de 60 anos e profissionais da área da Saúde foram imunizadas; Suzano já solicitou ao governo do Estado nova remessa

 

A Secretaria de Saúde de Suzano realizou a vacinação de 14 mil pessoas, entre idosos e profissionais da saúde, ao longo desta quarta-feira (25/03), quando foi reiniciada a campanha. A nova remessa emergencial havia sido enviada para a cidade depois de o lote anterior ter acabado em algumas horas, na segunda-feira (26/03). Até o momento, 23,5 mil pessoas que se enquadram no perfil dos grupos prioritários desta fase da ação já foram imunizadas.

 

A continuidade da campanha dependerá novamente do encaminhamento de mais doses pelo governo do Estado. De acordo com o titular da pasta, Luis Claudio Rocha Guillaumon, a previsão é recebê-las ainda nesta quinta-feira (26/03). “Então, por enquanto, a vacinação está suspensa novamente. Assim que as novas doses estiverem disponíveis, a imunização poderá ser retomada de imediato. Daí vamos informar a população”, disse.

 

Depois que as 9,5 mil doses se esgotaram ainda na manhã da última segunda-feira, a Prefeitura de Suzano tratou logo de cobrar novos lotes à Secretaria de Estado da Saúde. No dia seguinte o pedido foi atendido, com mais 14 mil. Com isso foi possível reiniciar a campanha em todas as 23 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Saúde da Família (USFs) e também no sistema drive-thru na rua 9 de Julho, no Jardim Santa Helena, em frente à sede do Suzano Futebol Clube, o Suzaninho, onde houve triagem do público, inclusive com medição de temperatura, e a imunização se estendeu até a tarde.

 

Para se vacinar, quando as doses estiverem novamente disponíveis, é preciso apresentar documento pessoal com foto e, se possível, caderneta de vacinação, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 15h30. Suzano ainda tem unidades com atendimento em período estendido, até as 20 horas, no Jardim Maitê (terças-feiras) e no Jardim Europa (segundas e quartas-feiras). O público-alvo na cidade supera 84 mil pessoas e a meta é vacinar pelo menos 90%. Vale lembrar que, embora seja fundamental, a vacina não previne o contágio do novo coronavírus (Covid-19).

 

QUADRO

 

Calendário de vacinação contra a gripe

 

• A partir de 23/03: Pessoas com 60 anos ou mais e trabalhadores da área da Saúde

 

• A partir de 16/04: Educadores, indivíduos com doenças crônicas e profissionais das forças de segurança e de salvamento

 

• 09/05: Dia D da campanha

 

• A partir de 09/05: Crianças maiores de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, indígenas, pessoas com idade entre 55 e 59 anos, adolescentes sob medidas socioeducativas, presos e funcionários do sistema prisional

 

 

Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

Deixe uma resposta