Ecofuturo e Prefeitura de Mogi das Cruzes realizam I Encontro das Unidades de Conservação da Serra do Itapeti

1
265

Evento promoveu integração e diálogo entre instituições que atuam para a conversação ambiental na região

Instituto Ecofuturo e a Prefeitura de Mogi das Cruzes realizaram hoje, 17 de dezembro, o I Encontro das Unidades de Conservação da Serra do Itapeti, situada nos municípios de Mogi das Cruzes, Suzano e Guararema, e que abriga importante remanescente de Mata Atlântica. O evento aconteceu no Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello, também em Mogi, com objetivo de abordar os principais desafios e oportunidades na gestão de Unidades de Conservação e no desenvolvimento de ações que visam a conservação.

O Ecofuturo, o poder público local e a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SIMA) por meio da Fundação Florestal – instituições gestoras de Unidades de Conservação na região –, discutiram os principais desafios de suas reservas e, a partir desses apontamentos, uma roda de conversa estimulou a troca de experiências e oportunidades de sinergias entre as UCs participantes.

Paulo Groke, Diretor Superintendente do Instituto Ecofuturo, apresentou o trabalho que a organização realiza há 5 anos na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Botujuru, cujo Plano de Manejo o Instituto coordenou a elaboração e hoje  é responsável pela gestão. No encontro, participaram as Unidades de Conservação: Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello, Estação Ecológica do Itapeti, Área de Proteção Ambiental da Serra do Itapeti e Área de Proteção Ambiental da Várzea do Tietê.

“Encontros como este são importantes para fortalecer o Sistema Nacional de Unidades de Conservação. O evento proporcionou uma integração maior entre as instituições e gerou discussões sobre ações efetivas para a proteção da Serra do Itapeti. O apoio do poder púbico reforça o bom trabalho que o Instituto tem feito e esperamos que os patrimônios naturais de Mogi das Cruzes sejam pautas sempre presentes na gestão municipal”, afirma Groke.

Sobre o Instituto Ecofuturo

O Instituto Ecofuturo contribui para transformar a sociedade por meio da conservação ambiental e promoção de leitura, integrando livros, pessoas e natureza. Entre as principais iniciativas estão o projeto Biblioteca Comunitária Ecofuturo, com a implantação de mais de 100 bibliotecas no País, e a gestão do Parque das Neblinas, onde são desenvolvidas atividades de educação ambiental, pesquisa científica, ecoturismo, manejo e restauração florestal, e participação comunitária. Organização sem fins lucrativos, fundada em 1999 e mantida pela Suzano, o Instituto atua como articulador entre sociedade civil, poder público e o setor privado. Conheça mais em www.ecofuturo.org.br, e acompanhe em www.facebook.com/InstitutoEcofuturowww.youtube.com/institutoecofuturo e www.instagram.com/ecofuturo.

1 COMENTÁRIO

Deixar uma resposta