EDP realiza feirão de negociação com condições especiais para acordo de débitos

0
32

Condições diferenciadas poderão ser firmadas entre 16 e 25 de novembro, em todos os canais de atendimento da Distribuidora;

No primeiro dia da ação os clientes encontrarão facilidades exclusivas

São Paulo, 13 de novembro de 2020 – A EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, inicia na próxima segunda-feira, dia 16, o Feirão de Negociação EDP que oferecerá condições especiais na negociação de débitos aos consumidores com dificuldades para manter as contas de energia em dia, seja para quitação à vista, ou parcelada. As regras do Feirão são válidas até o dia 25 de novembro e incluem as classes residencial, rural, comercial e industrial.

A grande novidade é que, exclusivamente, no primeiro dia do Feirão, dia 16, os clientes que possuem débitos, mas que não contam com parcelamentos já existentes com a Distribuidora, encontrarão as melhores condições e maior flexibilidade com a iisenção de juros (pelo atraso no pagamento, ou seja, entre a data do vencimento da fatura e a data da efetivação do acordo) e a redução significativa da entrada mínima de até 10% do valor da dívida. Durante todo o feirão os clientes poderão parcelar os débitos em até 24 vezes.

No período de 17 a 25 de novembro, as condições de negociação também estarão flexibilizadas, com redução da entrada mínima de até 15% do valor da dívida. Além disso, excepcionalmente durante todo o período do feirão, os clientes que já possuem débitos e parcelamentos de negociações anteriores também encontrarão facilidades para o acerto e renegociação de suas contas.

As facilidades para pagamento, ofertadas pela EDP, têm como objetivo auxiliar o cliente que sofreu com os impactos econômicos, em decorrência do período da pandemia e acabou acumulando contas de energia. “Historicamente, os consumidores aproveitam os meses de novembro e dezembro, e o recebimento da primeira parcela do 13º salário, para quitar dívidas e se preparar para entrar com o pé direito no ano novo. Sabemos que 2020 foi um ano difícil financeiramente para muitas famílias, devido a pandemia, e o Feirão é uma oportunidade para a regularização das pendências financeiras”, ressalta Giuliano Vieira, gestor da EDP.

Negociação sem sair de casa

A realização de acordos pela internet já é uma realidade para Companhia. No portal EDP Online, www.edponline.com.br, ou pelo aplicativo EDP Online, disponível para todas as plataformas de smartphone ou tablets, ou por meio do 0800 721 0123 o cliente negociar e optar pela forma mais conveniente para quitar os débitos em aberto. Basta ter em mãos o número de instalação e o CPF do titular da fatura.

Para facilitar ainda mais o contato do cliente, a empresa disponibiliza um contato via Whatsapp, por meio do número (11) 93465-2888 para a consulta de débitos e solicitação de código de barras para pagamento.

A negociação poderá ser realizada em todos os canais de atendimento da EDP. Lembrando que, por conta da pandemia, as agências presenciais seguem protocolos de higiene e segurança, conforme recomendação dos órgãos competentes, mantendo distanciamento entre os atendentes, uso obrigatório de máscaras, medição de temperatura antes da entrada, disponibilização de álcool em gel, marcações para distanciamento dos clientes nas filas e dentro da loja, além da limitação de quantidade de clientes no interior das agências. Em São José dos Campos, Guarulhos e Mogi das Cruzes (agências de maior fluxo de pessoas), será instalada uma tenda no lado externo da agência para o atendimento especifico do Feirão.

“A versão online da ação reforça a segurança da população, para as tratativas sem a necessidade de sair de casa. Estamos à disposição dos nossos clientes para auxiliá-los com possibilidades diversificadas de negociação”, finaliza Giuliano. Para optar pela melhor solução, a dica é preparar-se, colocando na ponta do lápis todas as despesas já assumidas e previstas pela família. Assim, é possível avaliar com mais precisão quais condições e formas de pagamento se encaixam no orçamento doméstico.

Deixar uma resposta