Educação vai entregar 25 novas salas de aula em março

0
317

Cada espaço pode abrigar até 48 estudantes da rede municipal de ensino 

As obras das 25 novas salas de aula em dez escolas da rede municipal de ensino de Suzano estão na fase final. A previsão da Secretaria Municipal de Educação é que elas sejam entregues na primeira quinzena de março. Cada sala tem capacidade para abrigar até 48 estudantes.

Segundo a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação, a construção dos novos espaços é feita a partir de painéis de Cross Laminated Timber (CLT), ou laminado de madeira cruzada, e traz uma tecnologia inovadora, muito utilizada na Europa.

O material utilizado, feito a partir de Pinus reflorestado e tratado, é mais ecológico, pois gasta menos água, consome menos energia, e evita os desperdícios tão comuns em uma obra tradicional, que chegam a 35%. Também tem durabilidade semelhante ao convencional e é resistente a altas temperaturas.

“A estrutura vem de um processo fabril, então as peças já vêm todas cortadas para o canteiro, ou seja, a montagem é feita em questões de dias, muito mais rápido. Como ela já vem pronta a possibilidade de erros e desperdícios é muito menor. O valor do metro quadrado também é muito próximo das obras convencionais do Brasil, com uma qualidade bem superior, portanto com todos estes fatores, ela se torna altamente vantajosa para nós”, explica o diretor da pasta Ricardo Hatiw Lú.

As escolas municipais que recebem as novas salas são Diones Pita Ribeiro (Jardim Maitê); Celina Rosa de Souza (Jardim Leblon); Virgínia Ferreira Rafful (Jardim Casa Branca); Isaías Martinelli Gama (Jardim Nova América); Sérgio Simão (Jardim Europa); Chácara Duchen (Vila Ipelândia); Gardênia Azul (Jardim Gardênia Azul); Victor Salviano (Cidade Miguel Badra); Abrão Salomão Domingues (Tabamarajoara) e Ana Rita Gomes (Jardim Margareth).

“Por causa do tempo bastante chuvoso presente nos meses de dezembro e janeiro, tivemos que adiar a construção da cobertura. A nossa expectativa é que até a primeira quinzena de março as salas sejam entregues. Depois é só fazer as junções das salas com o corpo das escolas”, explicou o secretário municipal de Educação, Leandro Bassini.

Em 2018, a Educação havia implantado nove salas de aula nestes mesmos moldes em seis escolas municipais, sendo duas na Professora Edna Leite Lima (Jardim Varan); duas na Carlos Ferreira Aguiar (Vila Amorim); três na Odário Ferreira da Silva (Jardim Belém), uma na José Adelino Moreira de Azevedo (Jardim Realce), e uma na José Francisco Alves (Tabamarajoara).

Para a diretora da Escola Municipal Carlos Ferreira Aguiar, Angélica Curvelo Alves, a sala é de ótima qualidade e oferece conforto térmico aos alunos, principalmente em dias de extremo calor, quando o ambiente fica com temperatura agradável. “Aqui na escola contamos com duas salas deste padrão. Elas foram construídas em menos de cinco meses, ou seja, foi muito rápido, até porque se formos comparar com a construção de duas salas em escolas, a obra pode chegar a um período de 12 meses. Assim que concluídas, conseguimos atender uma demanda que tínhamos aqui na região da Vila Amorim e atualmente estamos com 96 alunos nas duas classes, separados por períodos manhã e tarde. Nossos funcionários e alunos aprovaram a estrutura”, concluiu.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

Deixar uma resposta