Ex-BBB Paula é indiciada por acusação de intolerância religiosa

0
168
© Reprodução / TV Globo

No começo desta semana, após o fim do ‘BBB19’, Paula von Sperling compareceu a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, para dar seu depoimento sobre as acusações de intolerância religiosa que aconteceram dentro do confinamento.

Agora, nesta quinta-feira (18), a DECRADI concluiu que houve preconceito por parte de Paula contra Rodrigo França. Sendo assim, por causa da decisão, a campeã do reality show da Globo será indiciada.

De acordo com o delegado Gilbert Stivanello na próxima quarta-feira (24), o Inquérito Policial poderá ser enviado à Justiça, que avaliará o caso da ex-sister.

“O Ministério Público agora vai pegar o relatório conclusivo, analisa todas as provas coletadas e aí o promotor irá decidir. Se ele discordar e entender que não foi crime, ele pode representar pelo arquivamento, se achar que precisa de novas diligências, retorna à delegacia para novas diligências. Se ele concordar que tem um crime, ele denuncia. Havendo a denúncia, teremos um processo crime em andamento”, disse.

Deixe uma resposta