Inauguração da Marginal do Una representa marco na mobilidade urbana de Suzano

2
444

Depois de décadas parada no tempo, obra foi retomada pelo atual governo em 2018 e concluída neste mês

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, entregou oficialmente a avenida Governador Mário Covas Júnior, a Marginal do Una, durante cerimônia realizada na noite desta quinta-feira (19/12), com a presença de mais de 10 mil pessoas. A solenidade representa um marco na mobilidade urbana do município, que ultrapassou o número de 60 quilômetros de manutenção viária em três anos.

Inauguração da Marginal do Una representa marco na mobilidade urbana de Suzano

 

Além do chefe do Executivo, também participaram a primeira-dama Larissa Ashiuchi; o vice-prefeito Walmir Pinto; os deputados federais Marcio Alvino e Katia Sastre; o deputado estadual André do Prado; o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, eleito o novo presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat); seu vice, Juliano Abe; o prefeito de Poá, Gian Lopes; e a presidente da Câmara de Suzano, Gerice Rego Lione.

 

Na oportunidade, os mais de 10 mil suzanenses puderam conhecer a nova infraestrutura do local, que recebeu, ao longo de 18 meses, serviços de demolição do pavimento, recomposição da base, troca do asfalto, construção de calçada e substituição da iluminação pública em cerca de dois quilômetros de extensão da via, que tem dois grandes trechos interditados na pista sentido rodovia Índio Tibiriçá (SP-31).

 

Nos últimos meses, as equipes também promoveram trabalho paisagístico com grama, palmeiras e cerejeiras; instalação de semáforos com temporizadores; monitoramento por meio de câmeras ligadas à Central de Segurança Integrada (CSI); reforma e padronização das pontes sobre o rio Una; e nova sinalização de trânsito, com pinturas, placas e guias.

 

Com investimento de R$ 10.199.893,71, verba oriunda de um financiamento obtido pelo município junto à Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP), e de responsabilidade da empresa Renov Pavimentação e Construções Ltda., a obra finalizada melhora o trânsito da área central, oferecendo melhor locomoção aos motoristas e motociclistas.

 

Inclusive, representa uma nova opção com a criação de um corredor totalmente revitalizado, que vai da zona norte à zona sul da cidade: saindo do Trevo Dona Benta, passando pelas avenidas Francisco Marengo e Vereador João Batista Fittipaldi, atravessando o viaduto Leon Feffer, chegando à Marginal do Una, sentido rodovia Índio Tibiriçá (SP-31).

 

Autoridades

Segundo o deputado André do Prado, a descrença da população em relação à conclusão da obra da Marginal do Una era evidente. “É um dia de vitória. Ninguém mais acreditava, tamanha a falta de vontade política de gestões passadas. É algo muito significativo, de um governo sério, que soube economizar e conseguir uma alternativa de investimento para a terminar a obra. Foi uma conquista difícil, mas valeu a pena”, disse.

 

A deputada federal Katia Sastre apontou que é dever das autoridades zelar pelo dinheiro público e elogiou o governo municipal pelo empenho em finalizar a Marginal do Una. “É triste se deparar com uma obra pública parada tanto tempo. Mas agora, vendo tudo concluído, é motivo de orgulho. Suzano está saindo de uma situação de abandono para outra de muitos avanços. E, sem dúvida, vai avançar ainda mais”, comentou.

 

De acordo com o deputado Marcio Alvino, nos últimos anos, o que mais se ouvia da população era o desejo de terminar obras que ficavam pelo caminho ao longo do tempo. “Foram mais de 20 anos sem conclusão, mas agora a Marginal do Una está aí, pronta, pela dedicação dessa gestão. Suzano se encontra em um outro ritmo, muito diferente daquele em que estava. Se continuar assim, não haverá mais contas do passado a serem acertadas”, afirmou.

 

Para o vice-prefeito Walmir Pinto, a atuação da Câmara foi fundamental para esta e outras realizações do atual governo. “O Legislativo dá um exemplo de união e quem ganha é o povo. E neste caso não foi diferente. É motivo de muito orgulho como suzanense. Além disso, temos uma equipe muito competente, que contribui com a nossa cidade e que vai contribuir muito mais”, enfatizou.

 

Em sua fala, o prefeito Rodrigo Ashiuchi lembrou que muitos serão os benefícios para a mobilidade urbana de Suzano com a Marginal do Una, desafogando o tráfego de veículos no centro como uma importante opção para motoristas e motociclistas e compondo um extenso corredor entre Itaquaquecetuba e Ribeirão Pires.

 

“Queremos marcar a história da cidade, resgatar o orgulho e tocar a alma de cada morador. Tenho uma satisfação imensa de entregar uma obra tão esperada, a concretização do sonho do ex-prefeito Pedro Miyahira, que possibilitará o desenvolvimento e o surgimento de novas oportunidades. Representa a recuperação do passado, o trabalho do presente e o olhar para o futuro”, discursou.

 

Na oportunidade, Ashiuchi também anunciou que, em três anos de gestão, foram mais de 60 quilômetros de via recuperados, contemplando cerca de 60 vias de toda a cidade, como corredores de ônibus e locais de grande circulação. “E nova pavimentação está a caminho entre o final deste ano e o começo de janeiro, como na região da Vila Urupês e da Vila Figueira. Suzano é uma obra contínua”, antecipou.

 

Na sequência, o chefe do Executivo assinou simbolicamente o decreto de 1973, que tornava pública a área da Marginal do Una, e descerrou a placa de inauguração ao lado das demais autoridades presentes. Depois, o público presente pôde acompanhar a apresentação do cantor Ton Carfi e sua banda.

 

Participação

Também marcaram presença os secretários municipais Geraldo Garippo (Cultura), Itamar Viana (Planejamento e Finanças), Claudinei Galo (Transportes e Mobilidade Urbana), Cintia Renata Lira (Administração), Marcelo Prado de Almeida (Comunicação Pública), Leandro Bassini (Educação), Luis Claudio Guillaumon (Saúde), Antônio Wenzler (Segurança Cidadã), André Loducca (Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego), Murilo Inocencio (Assistência e Desenvolvimento Social), Said Raful Neto (Governo), Ari Serafim Barbosa (Manutenção e Serviços Urbanos), Arnaldo Marin Junior (Esportes e Lazer), Elvis José Vieira (Planejamento Urbano e Habitação) e Edson Gianuzzi (Meio Ambiente); o chefe de Gabinete, Afrânio Evaristo da Silva; e o controlador Geral do Município, Fátimo Aparecido Rodrigues.

 

A solenidade contou ainda com a participação do presidente do diretório nacional do PL, José Tadeu Candelária; dos vereadores Alceu Mathias Cardoso, André Marcos de Abreu, Antônio Rafael Morgado, Denis Cláudio da Silva, Edirlei Junio Reis, Gerice Rego Lione, Isaac Lino Monteiro, Joaquim Antônio da Rosa Neto, José Carlos de Souza Nascimento, José Izaqueu Rangel, José Silva de Oliveira, Leandro Alves de Faria, Marcos Antônio dos Santos, Max Eleno Benedito, Neusa dos Santos Oliveira e Rogério Gomes do Nascimento; dos padres Luis Hidalgo e Lázaro Sales, das paróquias Santa Rita de Cássia e São José Operário, respectivamente; e do bispo Júlio Vertullo, da Igreja Cristã Mundial.

 

 

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

2 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta