Jornalista tem os dedos arrancados ao reagir a tentativa de estupro em Santos

0
641

Mulher de 43 anos foi abordada enquanto entrava no próprio carro em Santos.

Uma jornalista de 43 anos foi atacada por um bandido e teve três dedos decepados em Santos, no litoral de São Paulo, após reagir a uma tentativa de estupro dentro do próprio carro.

De acordo com informações da Polícia Civil, por volta das 20h30, a jornalista entrou no carro dela, que estava estacionado na rua Dr. Gaspar Ricardo, no Marapé. O bandido aproveitou a distração da mulher e invadiu o veículo pela porta do passageiro. Ele abordou a jornalista, colocou uma faca no pescoço dela e fez várias ameaças de morte para que ela não reagisse.

O bandido mandou a jornalista dirigir o carro até a Linha Amarela, em São Vicente. Ela tentou enganar o suspeito e continuou circulando pelas ruas do bairro. Durante o percurso, ele começou a passar a mão pelo corpo dela, indicando que iria estuprá-la.

Neste momento, a mulher decidiu reagir. Bastante nervoso com a reação, o suspeito deu um golpe com a faca e arrancou três dedos da mão direita da vítima. Com a jornalista ferida, o suspeito conseguiu fugir levando cerca de R$ 2 mil e o celular dela.

Ela conseguiu dirigir até a Santa Casa de Santos, onde recebeu atendimento médico. Depois, a mulher foi transferida para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Um dos dedos da jornalista foi encontrado na rua Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira, e encaminhado ao hospital para um possível reimplante.

Familiares registraram o boletim de ocorrência, que foi encaminhado para o 2º DP para ser investigado. Câmeras de monitoramento instaladas em algumas casas da região do crime poderão ajudar a identificar o suspeito. Por enquanto, ninguém foi preso.

Deixar uma resposta