Lista de classificados para Frente de Trabalho em Suzano já está disponível  

1
1152

Ao todo, 2.983 pessoas foram habilitadas por terem atendido os requisitos; expectativa é de que as primeiras convocações ocorram em janeiro

A lista de classificados para o programa Frente de Trabalho da Prefeitura de Suzano foi divulgada pela Secretaria de Administração e está disponível no hall de entrada do Paço Municipal e por meio do link http://bit.ly/FTrabalho. Ao todo, 2.983 pessoas foram habilitadas por terem atendido os requisitos de participação. A expectativa é de que as primeiras convocações ocorram em janeiro, sendo que a previsão é de 40 vagas disponíveis para o próximo ano.

As inscrições para o programa Frente de Trabalho ocorreram em outubro. Na oportunidade, 3.220 pessoas compareceram ao Complexo Poliesportivo Paulo Portela, o Portelão, para se cadastrarem. A classificação não corresponde à ordem de chegada dos candidatos naquela ocasião, mas sim o atendimento dos critérios de preferência estabelecidos: menor renda per capita (resultado da divisão da renda familiar pela quantidade de membros), maior número de dependentes menores de 16 anos, maior tempo de desemprego, maior idade e egressos do sistema penitenciário.

Todos os participantes também seguem as exigências mínimas de inscrição, tais como ser maior de 18 anos, não ter renda própria, morar há pelo menos um ano em Suzano, estar desempregado no mínimo há um ano e não receber nenhum benefício de programa assistencial.

De acordo com a secretária de Administração de Suzano, Cintia Renata Lira, a expectativa é de que os primeiros candidatos sejam chamados no início do ano que vem, conforme forem surgindo demandas nas secretarias municipais e também terminado os atuais contratos vigentes. “A previsão é de que dez pessoas comecem na Frente de Trabalho ainda em janeiro”, disse.

Os convocados vão assinar um contrato com duração de 180 dias, prorrogável por igual período, receber salário mínimo e vale-transporte (caso residam a mais de dois quilômetros dos locais onde trabalharão) e participar de um curso de capacitação de 90 dias. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais e o objetivo é que os beneficiários atuem, principalmente, em serviços como manutenção e limpeza em todos os setores da Prefeitura de Suzano.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

1 COMENTÁRIO

Deixar uma resposta